Entrando no clima de Jogos Jurídicos Paranaense (JJPR), Jogos Jurídicos RJ (JJ RJ), Engenhariadas Paranaense (EP), Engenhariadas Mineiro (EM), Jogos Universitários de Comunicação (JUCS RJ), Economíadas Caipira (ECO Caipira SP) e Economíadas Sul, vem aquela dúvida: “como organizar os ônibus (na ida e na volta)?”.

A organização dos bondes para fazer a viagem rumo ao Jogos não é uma tarefa fácil. É preciso pensar em todas as possibilidades, lembrando – por exemplo – que enquanto o pessoal que vai com sua Atlética não pagar, não tem como estabelecer 100% a distribuição das pessoas nos ônibus. Dá para prever o número de pessoas pela quantidade de veículos que levarão sua delegação para o Jogos, mas continua sendo complicado, porque não é simplesmente jogar os nomes numa lista.

Alguns fatores que influenciam na dificuldade que muitas AAAs têm em organizar os bondes são:

  • A quantidade de assentos em cada busão: isso depende do tipo de ônibus – convencional, executivo, semi-leito, leito e leito-cama – e do modelo (marca) de bus que sua Atlética vai contratar. Para resolver isso é preciso estimar a quantidade de pessoas que vão e contratar de acordo com a necessidade e preferência de sua AAA.
  • As exigências das empresas de ônibus: elas também precisam cumprir certos requisitos para poder rodar com sua delegação. Uma das exigências é a listagem completa das pessoas que vão em cada ônibus e qual o doc. (RG, CPF, etc.). Esse é um dos fatores mais importantes do porquê fazer a lista de quem vai no bus.
  • As amizades inseparáveis: quem quer ir ao Jogos sem os coleguinhas preferidos? Ninguém, né! Uma das coisas que mais dá dor de cabeça é isso, principalmente porque sempre terão insatisfeitos. Masss, tentando conciliar todo mundo que seja pelo menos conhecido, já ajuda sua Atlética a não se esquentar com mais um B.O. Uma solução é juntar pessoas da mesma turma, ou da Bateria, por exemplo.

AAA IV de Junho

Considerando essas dificuldades e as possibilidades de solucioná-las, vamos para a principal dúvida: “Como fazer a listagem dos bondes?”. Para responder esta questão a secretária (e minha amiga) da AAAD-UFPR – Ingrid Luana Pacheco – nos ajuda com alguns passos a serem seguidos para ter a menor dor de cabeça possível com a listagem dos ônibus.

  • A primeira e mais importante coisa a se fazer é escolher quem vai te ajudar a montar essa listagem, de modo que “abranja” um público maior da faculdade. Ou seja, escolher quem vai realmente ajudar e que sejam – e/ou conheçam – de diferentes grupos tribos/clãs/times/panelas/etc., já que não adiantaria selecionar 5 pessoas da mesma galera, que acabariam conhecendo e não conhecendo as mesmas pessoas.
  • Você também deve considerar a quantidade de assentos que poderão ser utilizados pela sua delegação. Sabendo o número de bancos por bonde. Não adianta fazer lista sem saber a real quantidade de pessoas que sua Atlética vai levar e qual o número possível de acordo com a quantidade de ônibus e lugares.
  • É interessante fazer essa listagem apenas quando tiver os nomes exatos das pessoas que vão (quando ocorrer encerramento definitivo das vendas), além do número dos docs. para informar repassar à empresa que irá fazer o transporte de vocês.
  • O próximo passo é reunir o pessoal que vai te ajudar a montar a listagem, comprar umas comidas e umas bebidas, porque o trabalho é hard.
  • Com todos juntos, vocês começam a montar a listagem, separando os grupos por bondes e seguindo certinho a quantidade de pessoas que ele pode levar. Os grupos podem ser separados da seguinte forma: a) pelo conhecimento dos que estão montando as listas; b) criando um formulário (sujeito a hackers kkkk); c) pedir pra galera mandar uma listinha de quem são os amigos que eles não podem ficar separados (correndo o risco deles se folgarem e quererem resolver a lista por vocês). Independente da forma utilizada para escolher os grupos dos ônibus, é importante sempre deixar claro que talvez vocês não consigam atender os interesses (e pedidos) de todos.
  • Depois de um longo trabalho, as listas ficam prontas.
  • Masss, sempre há insatisfeitos. Para evitar problemas com o pessoal que não estiver feliz com a listagem e evitar futuras dores de cabeça, é interessante delimitar que as pessoas possam fazer trocas, porém, elas só podem ser realizadas se a pessoa encontrar um “correspondente” que queira trocar com ela. Por exemplo: se a pessoa está no bonde 1 e quer ir para o 4, ela tem que achar alguém do bonde 4 que queira ir para o 1.

AAA Educação Física – Hornets

Mesmo não sendo um trabalho fácil, fazer listagem é uma das tarefas mais importantes pré-Jogos. E depois que tudo estiver organizado? É só curtir a viagem com os coleguinhas para o melhor evento que as Atléticas vão.

AA Newton Freire Maia – Ciências

AAA das Humanas UFV

AAA de Fisioterapia UFMS

AAAD-UFPR

Atlética de Administração CEFET-MG

Atlética Engenharia e Arquitetura UEM

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here