Foto: Humaníadas

Tá afim de desenvolver algum projeto acadêmico (IC, TCC, etc) na universidade e não sabe o que e com que público fazer?

Que tal ter a Atlética como um meio? Pois bem, é muito possível ter a A.A.A. como um espaço para desenvolver projetos acadêmicos, uma vez que se tem público (atletas, torcida), espaço (locais de treinamento, eventos esportivos), experiências (treinos e jogos) e a facilidade para dialogar com seus voluntários, isso se pensando em o que eles têm em comum com você: o amor pela Atlética.

Aí, vocês vão vir com aquela desculpa que por eu ser estudante de educação física, se torna muito mais fácil desenvolver algo com a Atlética e eu vou dizer para vocês que, na verdade, se pode desenvolver esses projetos estando em qualquer curso, até porque o essencial está no amor que você tem na sua futura profissão e na Atlética, daí basta juntar esses dois que as coisas ficam maravilhosas.

Feel Wow GIF by La Voix - Find & Share on GIPHY

Mas porque eu resolvi falar sobre isso? Simples! Meu projeto de TCC é desenvolvido dentro da minha Atlética (A.A.A. IV de Junho – Unifesp Baixada Santista), com o time de futsal feminino e tem como título “EFEITO DO TREINAMENTO PLIOMÉTRICO ASSOCIADO A SPRINTS REPETIDOS NA RELAÇÃO DE TORQUE ENTRE MÚSCULOS FLEXORES E EXTENSORES DE JOELHO EM ATLETAS DE FUTSAL FEMININO”, no qual a ideia é observar se a associação dos tipos de treinamento escolhidos levam a uma melhora no equilíbrio muscular entre os músculos da coxa e, se atingida esta melhora, há uma menor chance das atletas terem lesão nos ligamentos do joelho.

Posha Bruna, mas existem projetos de outros cursos? É claro que existem, e eu trouxe alguns aqui para que vocês vejam que a Atlética pode te ajudar e muito nesse momento acadêmico. A Natasha Contrera, psicóloga, desenvolveu em 2016 um projeto de TCC intitulado “CORPO, SUBJETIVIDADE E ESPORTE: UMA EXPERIÊNCIA DO ALUNO-ATLETA NA ATLÉTICA DA UNIFESP-BS” e a intenção foi de colocar em evidência as forças que atravessam o corpo no esporte, por meio dos treinos de futsal propostos pela A.A.A. IV de Junho – Unifesp BS. Assim, pretendeu-se cartografar os sentidos que essa experimentação do aluno-atleta produz na formação desses estudantes.

Tem também a Marcella Azevedo, estudante de Hotelaria da UFF que tem o projeto de TCC intitulado de “JOGOS UNIVERSITÁRIOS: UM ESTUDO SOBRE SUAS ESTRUTURAS E A HOSPITALIDADE DAS CIDADES”, no qual ela fez um levantamento bibliográfico, realizou pesquisa em formulário online e entrevistou três ex-presidentes de A.A.A., sendo dois da A.A.T.H. e um da A.A.A.A. UFRJ. Os jogos utilizados foram os Humaníadas 2017 e 2018, a UniversiCopa 2017 e a Supercopa 2018.

Foto: Universicopa

Quer mais motivos para se convencer de que é bom desenvolver projetos dentro da Atlética? Pois bem, além de ajudar na sua formação, seu projeto estará ajudando no próprio desenvolvimento da Atlética e levando para as pessoas que não é só bebedeira nos jogos (embora a gente goste né rs). Uma Atlética mais desenvolvida dará espaço para mais projetos e, consequentemente, mais pessoas se interessarão em desenvolver outras ideias. Além disso, tem coisa melhor do que falar sobre o que a gente gosta?! Falar sobre os jogos que a gente tanto ama, sobre a A.A.A. que conquistou nosso coração, sobre a modalidade que defendemos e tudo que possamos imaginar do mundo universitário.

E aí, se animou para desenvolver algo na sua área? Se sim, conta aqui que vou ficar extremamente feliz em conhecer seu projeto nesse mundinho que é só amores.

Quer saber mais sobre o tema? Bora lá:

TCC: como organizar a vida acadêmica, pessoal e profissional?

O poder que as atléticas têm na vida de um universitário!

Atléticas: um trabalho que aprova até TCC!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here