Rep. Sbornia

Ver seu nome na lista de aprovados no vestibular dá uma alegria, não é? Pensar em tudo que você passou pra conseguir isso e ter o esforço recompensado é uma sensação incrível, e depois de comemorar, vem a pergunta: e agora? Sem dúvidas, escolher onde morar é uma das decisões mais importantes da vida acadêmica, e que vai impactar em diversas outras durante a sua graduação. Para tentar te ajudar um pouco, vim aqui dar uma luz sobre tudo que você precisa saber antes de morar em rep.

Primeiro de tudo: o que é uma república?

A imagem que grande parte das pessoas tem das repúblicas são os estereótipos das fraternities dos Estados Unidos, e algumas até que tentam. Não existem muitos registros históricos de onde ou quando as repúblicas surgiram no Brasil, mas o mais provável é que elas surgiram no século XIX, quando estudantes começaram a morar juntos próximos às universidades, aos moldes do que já acontecia em outros países. Definir o que é uma república é uma tarefa um pouco difícil e bem pessoal, mas a grosso modo, repúblicas são grupos de estudantes que moram juntos para dividir despesas e na grande maioria das vezes acabam se tornando uma família longe da família.

Como funciona uma república?

Bom, de modo geral, todas as reps seguem a mesma linha. Divisão de gastos e de tarefas para a casa continuar funcionando. Reps mais tradicionais costumam ter uma hierarquia acoplada nessa divisão de tarefas, com os “bixos”/calouros responsáveis por algumas delas (ir ao mercado, levar o cachorro para passear, encher o filtro d’água e coisas do gênero)

Ouvi falar que as reps fazem muita festa e eu sou mais de boa. Será que eu consigo morar em rep?

Da mesma forma que existem universitários que se deixar vão fazer festa todo dia, existem universitários que são mais na deles e dificilmente saem de casa, e o mesmo se aplica às repúblicas. Basta procurar e você vai encontrar uma galera com o seu perfil pra dividir uma casa sem problemas.

Não sou muito fã das tradições de trote e não estou disposto a participar delas. Não sirvo pra rep, né?

Nesse caso, talvez uma rep mais tradicional não seja o mais indicado para você. Existem reps de pessoas que pensam da mesma maneira que você e você muito provavelmente vai se dar bem com eles.

Mas e quanto aos custos? Minha situação financeira não me permite ter muitos gastos.

Mais uma vez, isso varia muito de rep pra rep. Algumas optam por manter um padrão de vida um pouco melhor, tendo uma empregada, TV por assinatura e gastando um pouco mais nas compras do mês, além de estarem em casas maiores. Enquanto isso, existem também reps onde o pessoal divide apenas os gastos fixos da casa e produtos de limpeza e cada um é responsável pela própria alimentação, o que deixa consideravelmente mais barato.

Nunca fui de fazer tarefas domésticas, isso atrapalha?

Se você, meu caro leitor, tivesse ideia de quantos adolescentes vão parar numa república sem nunca ter trocado uma lâmpada ou fritado um ovo, você ficaria impressionado. As repúblicas têm muitas funções, e uma delas é ensinar a se virar sozinho, tendo alguém do seu lado pra te ajudar e dar algumas risadas.

Sou filho único, nunca tive que dividir as coisas e tenho um pouco de receio disso. Como é que isso funciona?

É super natural ficar assustado com a ideia de sair da casa dos seus pais e ir morar numa casa cheia de pessoas novas. Mais uma vez, escolher um lugar em que as pessoas pensem de maneira parecida vai ajudar bastante e pode tornar a adaptação um pouco mais fácil. Mas no fundo não tem muito segredo, a primeira coisa que você precisa ter em mente é respeitar o espaço dos outros e respeitarão o seu.

Tá, mas depois disso tudo, o que eu ganho morando numa república?

Em termos práticos, além de pagar mais barato em moradia e que você provavelmente terá material de turmas anteriores que os outros moradores usaram, os ex-moradores podem te fornecer um networking profissional que vai te ajudar muito quando estiver procurando um estágio. Sem contar que são essas pessoas com quem você dará risadas, vai chorar as mágoas, comemorar conquistas e ter um ombro amigo nos sufocos que você passar.

Esse texto foi escrito de forma completamente imparcial, enquanto eu estava sentado no meu sofá usando uma camiseta da minha Rep. Um abraço Sbornia

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here