Podcast: A origem

Salve salve meus fascinados do Integraê, hoje estamos aqui para falar sobre uma das novas febres da comunicação mundial, o Podcast, que nada mais é que a versão streaming dos programas de rádio e que agora estão sendo produzidos exclusivamente para ser escutado na plataforma de streaming.

Mas afinal o que é podcast? Podcast é um conteúdo em áudio, disponibilizado através de um arquivo ou streaming,  com a vantagem de ser escutado sob demanda, quando o usuário desejar. Pode ser ouvido em diversos dispositivos, o que ajudou na sua popularização, e costuma abordar um assunto específico para construir uma audiência fiel.

Mas aí vocês perguntam, onde ele surgiu? A primeira história que se tem é da década de 1980, muito antes de a internet invadir a vida das pessoas, já existia nos Estados Unidos o serviço chamado RCS (Radio Computing Services). Basicamente, ele fornecia software de música e conversação para emissoras de rádio, no formato MIDI. Era um serviço restrito, não permitia que qualquer pessoa criasse e distribuísse seu conteúdo em áudio, inovou por colocar a mídia auditiva no formato digital.

 

E como o brasileiro tomou gosto pela coisa, em 2020 o Brasil se tornou o país do mundo que mais produziu conteúdo de podcast, que podem ser dos mais diversos temas possíveis: esportes, política, noticiários, estudos, moda, games, dia a dia, relacionamentos, viagens, vida universitária, filmes e séries, e muito mais. Hoje os podcasts, deixaram de estar apenas nas plataformas de streaming e migraram para plataformas de audiovisual como o Youtube e a Twitch.

Esse movimento tem gerado tanto engajamento, que até nós do Portal Integraê, agora temos o nosso podcast, o INTEGRACAST, para falar sobre nossos amados jogos e a vida universitária como um todo.

Hoje a lista dos podcasts mais ouvidos no Brasil é composta por:

    • Café da Manhã;
    • Primocas;
    • NerdCast;
    • Flow Podcast;
    • Autoconsciente; 
    • O assunto;
    • Mamilos;
    • Inglês do zero;
    • Filhos da gravida de Taubaté;
    • Horoscopo hoje.

Mas aí perguntam, existe receita certa para fazer um podcast de sucesso? Não que eu saiba, porque se soubesse eu teria um não é mesmo. Mas uma das coisas mais importantes é ter um modelo definido e com público alvo, se você quer alcançar maior número de pessoas, não adianta falar cada dia sobre algo aleatório que não vai conseguir manter a frequência de plays.

Certo é que a maneira como consumimos áudio se transformou em uma experiência de streaming on demand e always-on. Estamos cada vez mais buscando por podcasts com temas e informações específicas, da mesma forma que estamos consumindo outros tipos de serviços on demand. O ouvinte brasileiro, por exemplo, já prefere o podcast ao rádio, segundo a PodPesquisa 2018. Essa grande mudança de comportamento está aumentando a audiência dos podcasts e, consequentemente, trazendo mais anunciantes.

E não importa muito se você é um ouvinte mensal ou um ouvinte diário. Uma coisa é clara: o conteúdo em áudio engaja seu público. Ao comparar o podcast com o conteúdo de outros canais, como blogs, redes sociais e vídeo, conseguimos detectar algumas diferenças. Os melhores podcasts duram pelo menos meia hora. Os programas mais famosos têm em média 45 minutos de duração.

Um dos principais motivos para esse amplo crescimento, se deve às tecnologias dos smartphones que permitem baixar os programas e você possa escutar a qualquer momento, seja no caminho para escola, faculdade ou trabalho, tudo pode conter algo que você pode estar escutando para se distrair ou se informar. Muitos até realizam suas tarefas diárias escutando seus podcasts favoritos e pode tornar atividades nem tão legais como lavar a louça um pouco mais tranquila.

Então é isso galera, vocês já têm seus podcasts favoritos né? Então aproveitem e compartilhem com os demais. Nós ficamos por aqui e desejamos saúde a todos vocês.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *