O que fazer para se adaptar a cultura de uma empresa?

Quem diria que do dia para a noite, teríamos que nos adaptar a usar máscaras para nos protegermos de um vírus desconhecido? Tivemos que nos acostumar a sair sempre de máscara, a manter as mãos higienizadas, a evitar as aglomerações, a viver em home office…

Estamos sempre enfrentando mudanças em nossas vidas e somos obrigados a nos adaptar a cada uma delas, se quisermos sobreviver (dramático né?!). E nas empresas não é diferente, visto que um dos maiores desafios ao entrar em um novo emprego ou enfrentar uma mudança de gestão, é se adequar a cultura da empresa.

Em uma matéria publicada pelo site Business Insider, uma informação chamou a atenção de muita gente: funcionários e ex-funcionários apontam que as empresas Google e Facebook estão entre os piores lugares para se trabalhar.

Isso acontece porque muitas pessoas se preocupam apenas com os benefícios fornecidos, a remuneração, as possibilidades de crescimento, mas se esquecem de conhecer a cultura da empresa e seus valores que são pilares para um bom desenvolvimento na carreira. De nada adianta você ganhar bem e não ter uma boa saúde mental porque não consegue se adaptar com o ritmo de trabalho, com a pressão para apresentar resultados rápidos, dentre outros fatores que afetam seu desempenho.

Mesmo que uma empresa esteja na sua lista dos sonhos para trabalhar, é importante que você pesquise como é o ambiente de trabalho antes de se aventurar em um processo seletivo ou uma entrevista, assim você entende se aquele é realmente o seu lugar e se os valores da empresa te agradam. Sabendo da cultura antecipadamente e concordando com ela você terá muito mais ânimo para batalhar pela vaga e valorizar a empresa.

De acordo com o consultor em gestão de pessoas Eduardo Ferraz, se você se considera uma pessoa calma, concentrada, que costuma fazer uma coisa de cada vez, dificilmente vai conseguir se adaptar a uma empresa que não tem rotinas definidas, que tem muita pressão e que é liderada por pessoas ansiosas e agressivas. Um bom salário, os benefícios oferecidos e todas as outras vantagens não serão suficientes para te manter na empresa a longo prazo.

Mas se você já está em alguma empresa e ainda tem dúvidas se conseguiu ou não se adaptar a cultura organizacional, comece observando se você concorda com os valores da empresa, ou seja, analise as formas de reconhecimento, os critérios utilizados para promover um funcionário e o mais importante, verifique se você se sente confortável e se é respeitado pelos demais. Segundo João de Queiroz Xavier, diretor geral da Ricardo Xavier Recursos Humanos, a pessoa que se sente insatisfeito, frustrado, decepcionado, indica que não se adaptou à cultura da empresa. Se esse for o seu caso, separei algumas dicas que podem te ajudar:

  • Compreenda seus líderes

Se você conseguir entender o modelo de gestão da empresa, você conseguirá ter uma base de como é a cultura dela. A partir do momento em que você entende como é a liderança empresarial, você conseguirá se manter focado nos resultados esperados para assim conseguir reconhecimento. 

  • Compreenda a empresa

Agora que você já tem uma base de como é a cultura da empresa, tente compreender o motivo do posicionamento dela, isso pode te ajudar a descobrir alternativas ou até mesmo soluções para se adequar. Assim você conseguirá ver melhor o ambiente com o qual está lidando.

  • Tenha flexibilidade

Quando um novo Presidente da República assume o poder, a cultura e os valores defendidos por ele começam a ser implantados a partir de sua posse. O mesmo ocorre quando a gestão muda em uma empresa. Então é importante que você seja flexível para se adaptar às mudanças na cultura organizacional e assim não afetar sua produtividade. Tente entender as convicções do novo gestor para se alinhar ao máximo com ele, isso fará com que você se adapte melhor.

  • Tente mudar de departamento ou unidade

Se ainda estiver com dificuldades em se adaptar e perceber que o ponto de divergência está localizado em uma área ou com um determinado gestor, verifique a possibilidade de mudar o seu local de trabalho, mas antes disso, analise o local que você quer se incluir para entender se não haverá divergências de valores ali também.

  • Procure empresas que defendam os mesmos valores que você

Se depois de tudo isso você acha que não está no lugar certo, procure outra organização que tenha valores semelhantes aos seus, assim você não precisará se forçar a fazer algo que não se encaixa no seu jeito de ser. Se você continuar num ambiente que não te faz bem, terá um momento que não aguentará a pressão e vai pedir demissão, ou a empresa pode acabar te vendo como um “inimigo” e te demitir ou ainda você irá continuar trabalhando infeliz todos os dias.

No início pode ser um pouquinho difícil de se adaptar, mas é questão de costume e tempo para que você possa entender os motivos de cada aspecto valorizado naquele ambiente de trabalho. Mas se mesmo tentando se adaptar você não conseguir se encaixar, procure novos voos, até porque o que realmente importa é a sua saúde física e mental. Se cuide e se valorize para que as outras pessoas também queiram te valorizar.

Espero que essas dicas te auxiliem! Até a próxima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *