Mix de sentimentos nos jogoss!!

Você já pensou no tanto de emoção que passamos em um Jogos?! Eu escolhi esse tema e fiquei pensando enquanto escrevia meu texto: MEU DEUS, COMO AGUENTAMOS??! 

Os Jogos Universitários nos proporcionam um mix de sentimento que é sensacional! Se você já foi para os Jogos como torcida, bateria, diretoria, atleta, você sabe do que eu estou falando. Você sabe que as emoções, nos jogos, são à flor da pele. Você esperou por esse momento. Você treinou, você se dedicou e você sabe da importância daquele momento. 

DIRETORIA / PRESIDÊNCIA DA ATLÉTICA

O Diretor da Atlética que passa o ano inteiro se preparando para o Jogos, na véspera do primeiro dia, não consegue dormir direito. “Será que tá tudo certo?”; “Será que organizei tal coisa?”; “Será que preparei a galera da melhor maneira?”. 

No dia dos Jogos, durante as modalidades, é um absurdo. Nervosismo e ansiedade atacam. Você pode ter o melhor e mais preparado time do mundo, mas quando esse time entra em quadra acaba o favoritismo. Não tem mais preparação. O Atleta pode sentir a pressão (já vamos falar sobre como é ser atleta nos jogos), o time pode não ouvir o treinador. Mas e você diretor, o que você pode fazer?! 

Torcer. Gritar. E apoiar. 

Eu digo por mim: Não tenho mais saúde para assistir minha atlética jogar. 

O jogo acabou. E agora? 

Quando esse time ganha: UFA! ALEGRIA! EUFORIA! PAZ! Sensação de que as coisas estão acontecendo como você planejou. 

Mas e se o time perdeu? TRISTEZA. Mas você não pode demonstrar fraqueza para não desanimar o resto da diretoria e os atletas. Tem que se manter firme. Afinal, você é a presidência. Tem que mostrar que mesmo perdendo, as coisas ainda podem dar certo. Sentimento de liderança. Você precisa ser forte. E afinal, ainda tem muitos jogos pela frente. O dia ainda pode ser bom. E vai ser.

E esses sentimentos seguem pelos próximos 3 ou 4 dias que ainda restam pela frente.

Dia de final. Só vocês sabem o quanto se preparam para isso. Só vocês sabem o quanto treinaram, investiram, deixaram para estar ali. Não quero entrar aqui na situação de perder ou ganhar. Mas imaginem vocês nas finais. Imaginem todo o trabalho até chegar ali. Vocês sabem o sentimento que é. 

DEVER CUMPRIDO! 

Satisfação de conseguir chegar até ali e poder se sagrar campeão. 

Quando o título da modalidade acontece, vem o sentimento de alívio. Vocês mereceram. A Atlética mereceu. A torcida mereceu. Os atletas, mais do que ninguém, mereceram. 

O título geral veio. Vocês são campeões. CAMPEÕES. Que sensação maravilhosa é ser campeão de um Jogos. Todo trabalho fez sentido, você pensa. Você vê a torcida pulando feito uns loucos. Você vê os atletas, que se dedicaram 4 dias seguidos, chorando e comemorando. Você olha pro lado. Vê a diretoria incrédula. DEU BOM! Valeu a pena. 

ATLETA

Se você é atleta e está lendo esse texto, você sabe muito bem o que vou escrever aqui. Vamos voltar um pouquinho antes dos jogos. Os treinos. Imagine o quanto vocês treinaram. Foram dias, semanas, meses. Você sabe o quão importante é para você jogar e representar as cores da atlética. Honrar seus amigos e colegas de equipe. Você sabe que a diretoria tem se desdobrado para fazer acontecer. E você gosta de ganhar, não gosta? Você quer ganhar. 

No caminho do alojamento para o ginásio, tudo isso que você passou até chegar ali, passa na sua cabeça. 

Você entra em quadra. Olha pra arquibancada e vê a torcida. Você pensa: toda essa galera tá tocando e torcendo pela atlética? Por mim? 

Começa o jogo. Você sabe que não pode errar. Você precisa ganhar. 

Acaba o jogo. Você ganhou? 

QUE ALEGRIA! QUE ENERGIA!!! 

Você sempre soube que podia. Treinou pra isso. Deu o seu melhor em quadra.

E se você perdeu?! 

Tristeza? Raiva? Treinou tanto. Será que o outro time era tão melhor assim? Será que você não deu o seu melhor?!

Imagine que ganharam. É dia de final. 

A sensação pré-final é osso. Todos esses sentimentos que falei acima se intensificam. Você fica mais tenso, a galera mais ansiosa. 

Novamente não quero entrar no mérito de perder ou ganhar o jogo. Estar na final é sensacional. Curtam este momento. 

Eu já passei pelas duas situações. Sei bem como é. 

Já ganhei um Jogos como presidente e já perdi.

Já fui campeão como atleta e já perdi no primeiro jogo e na final. 

Euforia? Alegria? Felicidade? Raiva? Tristeza? Ansiedade? Tudo isso rola nos Jogos. 

Mas nada apaga a sensação de estar lá participando. 

Os jogos são sensacionais e só sabe disso quem vai. Quem se dedica e quem se empenha para ver o rolê acontecer. 

E ai, qual o mix de sentimentos que você passa nos Jogos?!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *