5 filmes e séries que todo acadêmico de Direito deveria assistir

Realmente a vida acadêmica não é fácil, a gente sabe. Mas que tal deixar um pouco de lado os livros e as video aulas, e buscar conhecimento de outra forma? Se liga nessa lista de filmes e séries que separei para você se inspirar.

SUPREMA 

Suprema é o primeiro filme da nossa lista e isso não é por acaso. A história na qual está baseada nos leva refletir sobre a importância dos jovens durante as mudanças socioculturais entre as gerações. 

O filme é uma narrativa baseada na história real de Ruth Bader Ginsburg, uma prestigiosa magistrada da Suprema Corte dos Estados Unidos e a segunda mulher a se tornar juíza no país.

Defendeu durante toda sua trajetória a igualdade de gênero, tornando-se fonte de inspiração para pessoas no mundo todo. Também foi a favor da legalização do aborto, casamento LGBT, a participação de mulheres no Instituto Militar da Virginia, e para resumir, sempre esteve posicionada ao lado dos direitos da minoria. 

OLHOS QUE CONDENAM

 

A minissérie olhos que condenam é uma narrativa escrita e dirigida por Ava DuVernay, baseada em uma história real, na qual cinco garotos negros do bairro do Harlem foram acusados pelo estupro de uma jovem no Central Park em 1989. Mesmo sem provas concretas que ligassem os garotos ao crime, foram levados pela polícia até a delegacia, onde foram forçados a prestar depoimentos falsos e auto condenatórios, isso tudo, longe da presença de seus pais ou de um advogado. Após esse período, apesar de todas as irregularidades no processo, os jovens são condenados de 5 a 14 anos de reclusão. Somente após 13 anos, com a confissão de Matyas Reyes (verdadeiro assassino) foram inocentados e libertos. 

12 HOMENS E UMA SENTENÇA 

12 homens e uma sentença é um filme na qual não poderia faltar nesta lista. Dentre tantos outros, ele se destaca por ter sua narrativa dentro de uma única sala, onde doze jurados precisam entrar em um consenso, e decidir sobre a vida de um jovem porto-riquenho que é acusado do crime brutal de ter matado o próprio pai. 

Quando ele vai a julgamento, os doze jurados se reúnem para decidir a sentença, levando em conta que o réu deve ser considerado inocente até que se prove o contrário. Onze dos jurados têm plena certeza de que ele é culpado, e votam pela condenação, mas um dos jurados acha que é melhor investigar mais para que a sentença seja correta. 

Questionado pelos demais jurados sobre o voto pela inocência do réu, o jurado ao explicar quais são os pontos duvidosos que o impedem de votar pela condenação, tem sua argumentação pautada na lógica e na razão e acaba por abalar a certeza dos demais componentes do júri. Esse filme demonstra a superioridade da razão diante de concepções fundadas nas crenças, nos pré-conceitos e nos costumes.

UM SONHO DE LIBERDADE 

O filme de 1995 relata a história de Andy Dufresne, um jovem banqueiro que é condenado a prisão perpétua pelo assassinato de sua esposa e o amante, crime esse que não cometeu. Diante disso, passa a cumprir pena na Penitenciária Estadual de Shawshank, no Mine, onde logo torna-se amigo de Ellis Boyd Redding, um detento que já está preso há 20 anos e sem esperança de voltar à vida em sociedade. 

O filme ainda nos leva a refletir sobre os efeitos da pena, na qual os indivíduos diante de tanto tempo na vida interna da prisão, acabam por perder a capacidade de conviver fora dela. 

AS DUAS FACES DE UM CRIME

Finalizando a nossa lista, as duas faces de um crime abrilhantam os olhos de qualquer acadêmico de direito (mesmo com todos seus clichês hollywoodianos), o filme tem em seu elenco, ninguém menos, que Richard Gere representando o advogado (pro bono) de um coroinha acusado pelo assassinato do arcebispo. Durante a trama, o advogado que ao início buscava fama na mídia, acaba por perceber a inocência do garoto, passando a investigar a fundo o caso. 

Essa foi a nossa lista de 5 filmes e séries que todo acadêmico de direito deveria assistir, comente se já assistiu algum e o que achou.

Se sentiu falta de algum filme ou série coloca nos comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *