Foto: José A. Felizette - Um dos grupos presentes no Stammtisch promovido pela cidade que ocorreu em abril deste ano

Turubom, povo lindo aqui do Integraê?! Já estava com saudades galerinhaaa!

Hoje eu quero compartilhar com vocês, um dos eventos que curto por demais e que se deu origem aqui na minha cidade, Blumenau – Santa Catarina, lugar este que não é meu lar de origem, mas amo como se fosse <3. E para quem não sabe ou já ouviu falar no nome dessa cidade, Blumenau é a Capital Nacional da Cerveja e promove a 2ª maior festa alemã do mundo, que é a Oktoberfest.

Mas o que é Stammtisch???

Na cultura da Alemanha e Áustria o Stammtisch é um local de encontro reservado para um grupo de pessoas que se reúnem para beber, comer e conversar.

“O termo Stammtisch é formado pela junção das palavras do alemão Stamm (em português tronco ou tribo) e Tisch, que significa mesa. Numa tradução literal, “mesa de tronco” ou “mesa da tribo”. O termo Stammtisch também é usado no sentido de uma mesa-redonda como plataforma de discussão.

Então, aí está a primeira dica sobre o “Stamm”. Partindo do início, o Stammtisch Universitário é uma versão do evento que já ocorre há 19 anos, o “Stammtisch” ou “Stammtisch de Blumenau”. Mas qual a diferença dos dois eventos? É que um é organizado por um grupo terceirizado juntamente com a Secretaria do Turismo de Blumenau e o outro pelo DCE da FURB – Universidade Regional de Blumenau. E para entender um pouco mais desse evento que ganhou muitas proporções, trago um pouco de história para vocês. Então continua comigo, porque esse texto está carregado de muitas informações boas.

Foto: Patricia Wippel – Carro alegórico presente na barraca de um dos grupos presentes no Stammtich “da cidade”

O Stammtisch é uma prática cultura e social que tem sua origem na Alemanha, país do fundador da cidade de Blumenau e dos outros imigrantes alemães que vieram para a região a partir do ano 1850, só que que agora de uma forma reinventada. Existem registros históricos de que durante a Colônia Dr. Blumenau no final do século XIX, os imigrantes alemães que produziam sua própria cerveja, promoviam esses “encontros a mesa” durantes as sextas-feiras após o expediente de trabalho, e isso em um ambiente de celebração de amizade.

“Na mesa do Stammtisch da imagem”
Imagem: angelinawittmann.blogspot.com

Então, sim, podemos dizer que atualmente é um evento cultural da cidade que tem como intuito o culto e a celebração à amizade.

O evento surgiu em 2000 “reinventando tradições” e resgatando a cultura e a tradição dos ancestrais. Lembrar o real sentido cultural alemão que continua nos dias atuais sendo praticados em suas festas ao ar livre. O Stammtisch é um evento único e não há registros de que nada parecido ocorra em qualquer lugar do mundo. O evento de Blumenau faz parte do calendário da Secretaria de Turismo de Blumenau desde este ano anteriormente mencionado, devido ao seu grande valor cultural e a importância que esse evento gera no turismo local.

Imagem: omunicipioblumenau.com.br

Então, como é que funciona esse evento?!

A festa é fechada e ocorre em uma das ruas mais importantes da cidade que é a Rua XV de Novembro, no Centro. Cada grupo paga uma taxa junto à organização para poder participar da festa. Os grupos também têm o seu espaço que é definido por barracas que podem variar o tamanho, organizam seu cardápio e atividades desenvolvidas no seu espaço durante o evento que ocorre durante o dia. Além do mais, rola é claro, muito chope e algumas outras bebidas. E não posso esquecer de mencionar que cada pessoa de determinada barraca usa uma camiseta personalizada do grupo que faz parte durante a festa de celebração, e normalmente copo/caneca personalizadas também.

O Stamm é um evento sugerido e planejado como algo para celebrar os 150 anos de Blumenau como uma “atividade” para o evento de aniversário da cidade que é um marco importante para os blumenauenses. No entanto, acabou tomando outras proporções. Afinal, acabou se tornando um evento anual. A repercussão foi tão positiva que atualmente outras cidades da região também aderiram o evento, além de que na própria cidade tem uma edição que é de cunho universitário – este também vem ocorrendo em outras cidades.

Antigamente, o evento acontecia nos dois semestres do ano. Sendo que o primeiro sempre por volta de abril e o segundo normalmente em agosto/setembro. Mas como durante o segundo semestre, período este em que ocorria a segunda edição do ano, a organização e os participantes encontravam bastante dificuldades por contas das chuvas (uma questão climática da cidade), a cada 2 anos períodos eleitorais e com isso volta e meia tinham que ficar adiando ou reprogramando o evento.

Inspirado no Stammtisch da cidade, surgiu o Stammtisch Universitário que ocorre no segundo semestre do ano, normalmente em agosto/setembro e com a mesma pegada que o evento original, que normalmente a galera diferencia os dois como “Stamm da Cidade” e “Stamm Universitário”. A inspiração vem da perspectiva de que não é apenas uma festa, mas uma forma diferente de integrar os acadêmicos entre si. O evento universitário é realizado pelo Diretório Central Acadêmico – DCE. Assim como o da cidade, o evento ocorre na rua de acesso principal da Universidade da FURB. As normas do evento são as mesmas utilizadas pelo evento na Rua XV de Novembro.

Fonte: FURB

Segundo pesquisas que temos, há registro que o Stamm Universitário ocorre desde 2009 – se começou antes disso, não tivemos essa informação. Sendo que inicialmente não ocorria na rua, como o Stamm da cidade, mas em um espaço aberto, onde ainda tinha as barracas e demais características do Stamm de rua. O evento ocorreu em um espaço alugado ao ar livre até 2012. A partir de 2013 até 2015 o evento ocorreu na rua. No entanto, de 2016 até o ano de 2018, o evento voltou a ocorrer em um espaço aberto alugado por falta de liberação de alvará. Mas para a alegria de muitos, a edição deste ano voltou a ser na rua, como é o Stammtisch da cidade. E outro fato importante é que com o crescimento das atléticas dentro da Universidade, as últimas edições vêm ganhando também barracas de atléticas junto as CA’s.

Conversamos com o secretário do DCE da FURB, Lucas Serpa que também é estudante de direito e perguntamos qual o feedback que o Diretório teve do evento deste ano realizado no sábado do dia 21/09 e o que os levou a trazer os Stamm de volta para a rua e que é um dos maiores eventos de integração da FURB. E olha só o que ele compartilhou conosco:

Decidimos realizar o Stammtisch universitário na rua, pois acreditamos que a verdadeira essência do evento se encontra na rua, permitindo que o fluxo de pessoas seja maior e que dê mais oportunidade dos participantes em trocar uma ideia e confraternizar com os seus amigos de confraria.

Tivemos um feedback muito positivo desse “novo” formato, muitos elogios sobre o evento, desde dos mais de 3000 participantes como das autoridades, polícia militar, bombeiros, guarda municipal e comerciantes.

Acreditamos que atingimos o nosso objetivo que era realizar um evento que permita que os acadêmicos da FURB e demais faculdades da região se integrem entre si, fortalecendo ainda mais a amizade entre todos! 👊👊

Foto: DCE FURB

Como comentei anteriormente, o evento Stammtisch vem ocorrendo em outras cidades da região próxima a Blumenau também. E um lugar que tem o Stammtisch Universitário é Joinville. E eu busquei saber como é o Stamm de lá e percebi que também busca manter de certa forma essa pegada cultural que o evento tem e principalmente o espírito que é a “celebração da amizade” com as rodas de amigos.

Diferente do Stamm Universitário de Blumenau que é organizado pelo DCE, o Joiville é organizado pela empresa Power Formaturas. Conversei com o Pedro Bobato que é da equipe de Marketing da empresa e ele nos contou algumas coisas sobre o evento de lá:

A ideia de reunir a tradição dos encontros de Stammtisch juntamente da tendência universitária que cresceu exponencialmente no Brasil.
A ideia era reunir toda a comunidade desde acadêmicos, professores, funcionários e qualquer pessoa que esteja envolvida neste meio através da gastronomia e chopp.

Perguntei ao Pedro quando foi a primeira edição e como ocorreu e ele nos contou o seguinte:

A 1ª edição marcada foi em 2012.
O evento possuía uma produção bem grande com palco, fechamento da rua, bem próximo a universidade. O evento foi um sucesso com esgotamento de todas as inscrições. Poucos dias antes do evento, houve questionamentos no alvará e o evento não ocorreu na data prevista.  O evento foi adiado para 1 semana depois com uma quantidade menor de grupos do que a prevista inicialmente.
Por conta disso o projeto ficou em stand by um tempo. Sendo retomado em 2016 com uma produção mais profissional, com agência e tudo dentro do previsto. Foi um sucesso!
Então, consideramos a partir de 2016 como um “novo marco” desse projeto.

E aí, gostaram um pouco desse textinho com pegada de história e cultura? Hahaha. Espero que tenham gostado porque minha próxima matéria para esse Blog maravilhoso também tem como tema a cultura sendo apropriada pelo meio acadêmico em um evento – olha o spoiler aííí!! – Então fiquem ligadinhos aqui no portal para meu próximo textinho. E caso vocês tenham um tema que gostariam que eu compartilha-se algo sobre ele com vocês, manda no direct do insta ou comenta aqui em baixo 😉
Beijos galerinha e até a próxima!

Quer saber mais sobre o assunto? Bora lá!

Vai fazer festa? Comece pelo alvará do evento!

Integração e os resultados das festas universitárias!

Associação Atlética Acadêmica das Licenciaturas FURB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here