Foto: TUCA - 2019

Se em um texto de maio deste ano a Thalyta apresentou o TUCA (Torneio Universitário de Comunicação e Arte) para vocês, agora é a vez de falar um pouco sobre a 3ª edição do campeonato, que foi realizada no feriado de 20 à 23 de Junho (Corpus Christi) na cidade de Apucarana-PR.

O Tuca ainda está crescendo e se firmando como o único e melhor jogos de Comunicação e Arte do Sul (Mato Grosso do Sul também é sul!) do Brasil. A edição de 2019 chegou à marca de 10 atléticas participantes, apesar de apenas 9 disputando o título de grande campeã, e foi a primeira em que foram utilizadas duas quadras (dentro do programado e não no improviso, só quem foi sabe rs), incluindo uma quadra de tamanho quase oficial (o que quase matou os atletas que mais bebem e festam do sul do mundo). Outra mudança dos últimos anos foi o uso de alojamentos distantes um do outro e das praças esportivas, o que garantiu uma dose extra de emoção (ou correria) e trabalho para as diretorias das atléticas (aqui é trabalho, meu filho!).

Depois de 4 dias de jogos (e três festas, já que ninguém é de ferro), a grande campeã foi a ASCOF, que representa o Ceca (Centro de Educação, Comunicação e Artes) da UEL (Universidade Estadual de Londrina). A Sedentlética levou o bicampeonato do vôlei feminino e do handebol masculino, o título do basquete feminino, o vice do handebol feminino e o terceiro lugar do basquete masculino.

Em segundo lugar, a AAADEC, representante dos cursos de Comunicação e Design da UTFPR (Universidade Tecnológica Federal do Paraná), conquistou os títulos do vôlei masculino e do basquete masculino, além do vice do vôlei feminino e os terceiros lugares no handebol.

Foto: TUCA – 2019 – AAADEC

Fechando o pódio, a AAJ, atlética de jornalismo da UEPG (Universidade Estadual de Ponta Grossa), conquistou os títulos do futsal e do handebol feminino, além do vice do basquete feminino.

Foto: TUCA – 2019 – AAJ

CAMPEÕES GERAL (SIC)

Para falar sobre a ASCOF, que repetiu em 2019 o feito do distante 2011, Ana Júlia Oliveira (diretora de esportes):

“O TUCA era a maior expectativa da ASCOF neste ano de 2019. Em 2018, a atlética ficou em 2º lugar e voltou pra casa com um gostinho de querer o 1° no ano seguinte. Muitas adversidades aconteceram, mas não fizeram a ASCOF desacreditar: perdemos as quadras que tínhamos para treinar, os horários disponíveis em outras quadras não eram os melhores, atletas machucados, diversos desafios… mas o importante foi que tanto atletas quanto diretoria se esforçaram para conquistar o tão esperado 1º lugar.

A ASCOF treinou aos sábados, domingos, um treino atrás do outro e assim foi; foi para o TUCA do jeitinho verde e roxo: raça dentro de quadra. E todo o esforço e desafios fortaleceram a atlética e o resultado não poderia ser diferente: CAMPEÃO GERAL 2019.”

Foto: TUCA – 2019 – ASCOF

TEXTO: Guilherme Bernardi:
Formado em Jornalismo pela UEL, atualmente faz mestrado em Comunicação na mesma universidade. É ex-presidente da ASCOF – Associação Sedentlética do Ceca Waldyr Gutierrez Fortes – foi C.O. de Esportes do TUCA 2019.

Quer saber mais sobre o assunto? Bora lá!

Você conhece o TUCA?

30 músicas que vão te levar direto pros jogos universitários!

Depressão pós-jogos: acabaram as competições, e agora?

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here