Domingão o dia é todo deles, não que os outros não sejam, mas a data é dedicada especialmente para aqueles que escolhem nosso time de futebol e que costumam serem bem mais maleáveis do que as mamães não é mesmo?!                                                                                                   
Então nada mais justo do que dedicarmos aos nossos super-heróis uma coluna inteirinha, afinal aqui eles vestem atlética também!  

            
Quem nunca sobreviveu a resistência da família contra a atlética atire a primeira pedra, implicância com os horários de treinos, depois com os jogos… “Mas isso aí é curso ou é festa?”. E lá estão sempre eles, sentados no canto do sofá olhando nossas discussões infinitas e cheias de argumentos com nossas mães até que entra o intervalo do jornal e eles dizem: “Deixa ele ir mãe, mas você vai juntar o dinheiro pra pagar sozinho Junior!”.

Porém a maioria das histórias de pais X atléticas começam bem antes da gente entrar na faculdade. E é claro que nada que acontece é regra, mas quando pequenos, são eles que lá estão já discutindo ainda no berço em colocar aquele tip top de time de futebol, ou em insistir que a gente pratique algum esporte. E é aí que a magia começa, a torcida é pelo esporte que a gente escolhe, as brigas agora são com os outros pais quando a gente leva uma falta, e independente das notas no boletim eles esbanjam as nossas medalhas como se fossem deles.

E não deixam de ser, nossas conquistas e nossas realizações sempre vão ter um alicerce lá embaixo, e quer mais sólido alicerce que nossos próprios pais? Então o tempo foi passando, nem sempre a carreira esportiva deu certo, mas eles continuaram ali, firmes com as nossas escolhas e de repente as cores dos nossos guarda roupas mudam, e um novo mascote ganha presença em casa… No começo eles ignoram, não entendem, e em 80% dos casos nunca nem vão entender direito o que a atlética faz, porém na primeira oportunidade se rendem… E tem paizão de todos os tipos nas atléticas não é mesmo?!        

Tem o pai desligado, aquele que mesmo depois de cinco anos de faculdade ainda não entendeu porque que no feriado você não vai pra casa e sempre arruma um “curso lá na universidade”….      
Tem o pai preocupado, aquele que no primeiro ano fez a você um interrogatório gigantesco e queria o contato do pessoal da atlética pra saber como seria essa viagem, e por noventa e cinco vezes ficou perguntando se algum professor ia junto.          
Tem o pai camisa 10 que defende a atlética mais do que você e que todas as férias quando você chega com caneca, camiseta e abadá ele pede tudo e coloca na prateleira da churrasqueira.                            
Tem o pai sócio torcedor, que está nos jogos, que vai trabalhar com a camiseta da associação e nos churrascos do domingo sempre descola uma tatuagem pra zoar com a gente. 
Tem o pai prematuro… Quem não tem aquele amigo aqui que adiantou os planos nas faculdade e já lançou um mascotinho pra turma no meio da graduação!? (Criança tem três meses e a roupinha já tem a estampa do escudo da atlética)…   
Tem o pai técnico, que sempre que vai assistir algum jogo fica se intrometendo na escalação do time e palpitando no que você deveria ou não ter feito na partida.       
Tem o pai técnico mesmo. Ooooi? É tem o pai árbitro, que sempre acaba sendo contratado para apitar os mesmos jogos e que não perdoa mesmo o filho quando precisa penalizar em quadra!  
Tem o pai que é avó, avô, que é mãe, afinal pra vestir uma capa de pai herói basta amor!

Então corre pro abraço, pega aquela caneca lindona da atlética e presenteia o velho pra ele tomar um “tereré” no domingão, ou descola aquele abada regata pra ele cortar a grama no sabadão à tarde, o que importa mesmo é envolver a melhor fase da nossa vida com o melhor parceiro dela!

            
Feliz dia dos pais para todos os paizões, e os que fazem papel desse integraê! Muito puxão de orelha e muita parceria sempre (L)!

Quer saber mais sobre o assunto? Bora lá

Quanto vale sua Atlética?

Motivos para fazer parte da torcida da sua atlética

Qual tipo de apaixonado pela atlética é você?

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here