Espaço do colunista – Por Bernardo


Beeem amigos engenheiros e engenheiras (agrônomos e arquitetos também) dessas Minas Gerais e do Brasil, é chegada a semana mais esperada do ano! Nessa quinta-feira (26) começará o maior evento universitário de Minas Gerais, o Engenharíadas Mineiro 2016. E é o maior mesmo! Mais de 4.500 universitários, esse é o número que Ipatinga irá receber nos próximos dias.

Feriado prolongado de Corpus Christi, todo mundo querendo voltar para a casa, ver a família, descansar e estudar aquela matéria que deixou acumular, certo? Pros outros pode até ser, mas não para vocês, que contam os dias, os minutos, pra essa data tão especial no calendário.

O evento tomou uma proporção tão grande que nesse ano contará com duas séries esportivas. Como a Liga Esportiva das Engenharias de Minas Gerais (mais conhecida como LEEMG) tem o perfil de agregar/adotar as novatas, fomentando sempre o crescimento esportivo do evento e do esporte universitário, e a cada ano surgem mais e mais atléticas interessadas, foi necessária a criação de duas divisões. E, claro, não podemos esquecer que essa necessidade veio também do desenvolvimento e comprometimento das atléticas que não paaaaarammm de crescer!

Em 2016 serão 28 atléticas, sendo que 26 participarão esportivamente. As duas atléticas que não irão participar do esportivo, mas vieram para adquirir experiência e agregar ao evento são UNIMONTES e UFT (diretamente de Palmas – Tocantins).

Começando pela Série B, temos 10 atléticas que participarão esportivamente: UNIDERP, UFMT, UFSJ, UNB, NEWTON PAIVA, CEFET CURVELO, UFOP – OURO PRETO, IFMG, FUMEC e UNIPAM.

Bom, as vezes você pode estar pensando que o motivo dessas atléticas estarem na Série B é porque não estão bem preparadas, mas, na verdade, é que todas elas vêm treinando fortemente e se dedicando ao máximo para que, as três primeiras colocadas da série, possam levantar o caneco e ir para a Série A no próximo ano. E aí, quem é que você quer ver jogando na Série A ano que vem?

Para a série A, temos uma disputa acirradíssima neste ano. Serão 16 atléticas no total: UFMG, UFVJM, UFMS, UFJF, UFTM, PUC-BH, UCDB, IBMEC, UFV, UNIFEI, CEFET-BH, UEMG, CEFET-RIO, CEFET-ARAXÁ, IME e UFOP-JM.

A criação das duas séries promete botar fogo na disputa esportiva do EM 2016! A briga para subir e não cair começou antes mesmo do dia 26 de maio. O clima nos bastidores já está quente, com apostas entre dirigentes e atletas, aquela rivalidade boa que a gente gosta de ver. Mas tudo na #paz, como já diria nosso amigo Joaquim.

Na Série B não tem conversa de atléticas mais fracas não, viu. A preparação está forte e as delegações vêm com recorde de público, pra fazer bonito. UFOP, Newton Paiva e FUMEC dispararam nas vendas de pacotes e chegarão em Ipatinga com mais que o triplo de pessoas que levaram no EM 2015. A promessa de qualidade esportiva é a mesma, a briga vai ser boa!

UNIDERP, UFMT e UNB são as atléticas convidadas que participam da Série B. Mesmo com mais de mil km pela frente, eles garantem que a galera chegará com fôlego de sobra pra incomodar e buscar a vaga pra A.

UFSJ terá nesse ano a união de dois campi para reforçar as equipes e delegação, combustível extra em busca do caneco. CEFET CURVELO e IFMG são estreantes no Engenharíadas e chegam com o máximo de empolgação, querem mostrar que os novatos têm seu lugar e que este pode ser na Série A. E, fechando a B, vem a UNIPAM, lá de Patos de Minas. Mesmo com a FENAMILHO tentando desviar a atenção da galera por lá, a galera de laranja e azul já tá pilhada pra invadir Ipatinga. E tem até um duelo “animal” pra rolar. Uniderp e IFMG vão tirar a limpo, dentro das quadras, qual é o jacaré que realmente ganha na mordida.

Se com 10 atléticas a coisa já está incerta e acirrada, imagina com 16?! Amigo… Haaaaaaja coração!!!

Mais próximas de Ipatinga, UNIFEI, UEMG e UFOP-JM participarão com delegações mais completas, maior número de atletas e querem surpreender, chegar pra incomodar as cabeças!

O Megazord chega em 2016 com a união dos três campi da UFVJM ainda mais forte. Diz que não vai ter pra ninguém na hora de morfar.

E, por falar em Megazord, lembramos da UFV, que virou parceira na divisão de aloja em 2015, mas que esse ano é rival em vários confrontos diretos. E aí, como que vai ficar essa integração? A UFV vem pra brigar pelo geral, é o papo que se ouve pelo campus lá em Viçosa, viu. Com uma delegação histórica de mais de 300 pessoas, com força esportiva total, por não perder atletas para outras competições na mesma data do EM, como nos últimos anos, a Capivara vai chegar chegando, pelo que parece.

Quem ta só observando atenta essa conversa da UFV é o Grifo. A UFMG, atual bicampeã do EM não quer saber de perder esse posto, não. A palavra de ordem lá pela AAEE é só uma, VENCER! E os caras resolveram brincar sério nesse negócio de delegação e tão levando apenas 850 pessoas, coisa de 17 ônibus. A maior delegação da história, que promete fazer o mesmo dentro da quadra. Vamos também observar…

E parece que esse número de 300 virou padrão entre as delegações. Que isso, minha gente?

PUC, IBMEC e CEFET BH tão levando esse “tantinho” de gente aí pra colorir Ipatinga. Os Capetas, a Delegação Mais Bonita e o Bonde do Bode chegam com número e força esportiva também, pra apimentar e tornar ainda mais imprevisível o resultado esportivo desse ano.

UFMS e UCDB tão na área novamente, pra mostrar a força do centro oeste. A distância complicou um pouco, mas, mesmo assim, a missão é superar 2015. A insana, 2ª colocada geral, quer brigar pelo degrau de cima e os Javalis vêm pra subir ainda mais essa escada.

De fora de Minas vem também os lexxxquis do CEFET RIO e IME. Apesar do EM não ter surf entre as modalidades, eles garantem que vão chegar pra disputar de igual pra igual com geral daqui, sacoé?!

E por falar em Rio, litoral, tem a UFJF também né, ali na nossa cidade praiana de Juiz de Fora. Elex chegam em 2016 pra dixxxtruir, pelo que estamos sabendo da galera do tigre.

Fechando, não poderia ser outra atlética se não um CEFET, né? Hahaha Ô tanto de CEFET que tem nessa MG e nesse EM. O CEFET Araxá vem lá da 1ª cidade-sede do Engenharíadas pra manter viva a tradição dos primórdios e mostrar que seu lugar é na Série A mesmo.

Dá até gosto de falar dessa galera. Não dá pra saber quem está com mais sangue no olho, qual vai ser a zebra, quem vai surpreender, qual torcida vai gritar mais. É muita emoção, é muita ansiedade!

A certeza é uma só, esse é o maior Engenharíadas de todos os tempos (até agora) e o maior evento esportivo universitário de Minas Gerais!

Vamos fazer bonito, galera, dentro e fora das quadras! Vista as cores da sua atlética, prepare o uniforme, aperte as chuteiras, ensaie o grito na garganta e venha, que Ipatinga está pronta, esperando os 4.500 loucos, para os melhores dias do ano!

Vem Engenharíadas Mineiro! Que vençam os melhores e que vença o esporte e a integração!

Gostou desse post? Mande sua sugestão de conteúdo para mandae@integrae.com.br.

RODAPE-BERNARDO

4 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here