Foto: TECO - Torneio das Engenharias do Centro-Oeste

Quem nunca se preocupou quando um patrocínio apareceu para atlética e você sentiu que aquela proposta não era muito benéfica para a AAA, mas vocês precisavam da grana? É, não é fácil lidar com essas coisas. Por essa razão, é sobre isso que vamos trocar uma ideia hoje.

A primeira coisa a saber antes de falarmos de parcerias e patrocínios é uma pergunta bem simples: “quanto vale a sua atlética?”. Bom logo de cara você deve ficar assustado com essa pergunta, porque normalmente ela não é feita para as atléticas, mas sim para grandes empresas ou empreendimentos do mercado. Porém, saiba que é muito importante saber o valor da sua AAA.

Agora, o que seria esse valor da atlética? De cara já digo que o valor não é monetário (até porque a grande maioria das atléticas não tem muito dinheiro kkk). Esse valor refere-se ao impacto e ao tamanho da atlética em sua universidade e sociedade, a forma como a atlética age no todo que fica a sua volta; daí você deve estar se perguntando: “por que eu devo saber disso, Modesto?”. A resposta é bem sim simples: é impossível escolher valores para patrocínios e parcerias se você mesmo não sabe quanto vale sua atlética.

Foto: Engenharíadas Paranaense

Sua atlética por mais legal que seja e tudo mais, deve agir e trabalhar como uma empresa, e por este motivo é muito importante que toda a diretoria tenha a plena consciência de qual o tamanho da atlética, o impacto que ela tem na vida de seus membros e o histórico de trabalho que todos os ex-diretores tiveram para que sua associação chegasse no patamar em que ela está hoje.

É quando pensamos e entendemos esse valor da AAA que entram as propostas de parcerias. Elas são muitas e as vezes algumas atléticas não param para pensar se é o ideal para a sua própria imagem e essa questão é muito importante na vida da atlética e da empresa que deseja fechar o patrocínio, porque a associação se desenvolverá com o dinheiro que entrará e a empresa vai agregar valor para sua marca.

Algo muito comum quando falamos em parcerias são alguns contratos impositivos para as atléticas (isso quando existem contratos) e quando lemos esse acordo parece que a atlética estará fazendo um favor para empresa ou algo do tipo, mas não é bem assim que deve ser essa relação de parceria.

Foto: Engenharíadas Paranaense

As atléticas precisam entender que elas têm voz e influência no meio universitário e por isso não devem aceitar “qualquer coisa que as empresas estão a oferecer. É importante vocês se imporem e questionarem clausulas que não julguem fazer bem para suas organizações. Aprendam que a atlética é uma empresa e que com tal ela tem voz e precisa ser ouvida. Se valoriza, Atlética! kkkkk

Então pessoal o textinho de hoje foi um pouco grande, mas é porque eu acho esse assunto muito importante de ser debatido no meio das atléticas…resumindo o que eu disse, se aparecer alguma proposta de parceria para atlética se façam as seguintes perguntas: essa parceria vai ser boa para a associação? Vai agregar em algo para nosso público? Essa proposta é boa para minha atlética? Se você respondeu não para alguma dessas perguntas, pare e faça um contraproposta para que a parceria fique boa tanto para atlética como para empresa parceira.

Bom pessoal, era sobre isso que eu queria conversar com vocês hoje, espero que tenha ajudado e não se esqueçam, valorizem suas atléticas!!!

Quer saber mais sobre o tema? Bora lá:

Como montar uma proposta de patrocínio campeã

Dicas de como conseguir patrocínio/parceria para a sua Atlética!

Atlética e patrocínios: como diluir a conquista de caixa e ganhar investidores?

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here