Foto: Intermed CO - Atlética de Medicina UniEvangélica.

Não é difícil listar os motivos pelos quais a gente ama a nossa Atlética, né?! Geralmente, entramos em contato com a Associação Atlética que representa nosso curso logo que ingressamos na universidade, com as recepções de calouros, Jogos Universitários, por meio da Bateria, Cheerleading ou demais esportes… Sempre tem alguém te puxando pra fazer parte – e a gente não esquece nunca quem instiga esse amor em nós! 

A partir disso, cada um desenvolve um carinho diferente pelo o que a Atlética proporciona, já que as vivências e possibilidades são infinitas! Existem vários tipos de apaixonados, e cada um tem seu jeitinho de demonstrar isso:

1. OS ATLETAS

Foto: Atlética de Artes e Comunicação Social UFF

São aqueles que não medem esforços para estar em quadra com a camisa de suas agremiações do coração. Pouco importam as lesões, as dores e os horários de treino – eles estarão ali. Às vezes, é alguém que já era entusiasta do esporte antes de conhecer sua vertente universitária; às vezes, alguém que precisou de muita insistência da diretoria para se juntar à equipe e se arrepende por não ter cedido antes; outras vezes, é simplesmente alguém que não suportaria deixar sua Atlética na mão e por isso se desdobra para aprender novas habilidades e representá-la onde for preciso. 

2. OS RITMISTAS

Foto: Jogos Jurídicos Paranaense – Associação Atlética de Direito UFPR

Os ritmistas têm duas paixões que se complementam, que nem feijão com arroz: tocar e torcer. Ganhando ou perdendo, eles estão sempre naquele ritmo frenético na arquibancada (em conjunto com o próximo grupo de apaixonados), apoiando e incentivando quem está em quadra, campo, piscina, tatame ou pista. Não tem tempo ruim com eles! Nada é capaz de tirar esses caras do eixo enquanto o coração estiver batendo no mesmo ritmo do samba que eles fazem trazendo o escudo da Atlética no peito. 

3. OS TORCEDORES 

Foto: Atlética ESPM Rio de Janeiro

Aqueles que estão sempre balançando as redes da arquibancada e infernizando os rivais são dos mais admiráveis tipos de apaixonados. Apesar de não fazerem parte das instituições envolvidas nos bastidores e não terem obrigação nenhuma com a instituição, eles fazem questão de representar a AA, colorindo os ginásios com as cores dela. São aqueles que gritam até perder a voz e ficam até o final do jogo só para aplaudir os atletas ao saírem de quadra. E se você perguntar o porquê, eles não vão te explicar

4. OS AGREGADOS

Foto: JUCS RJ – Atlética Unicarioca

Toda Atlética conta com algumas figurinhas que não perdem um jogo, festa ou reunião mesmo não sendo acadêmico do curso que representa. Os agregados são, geralmente, amigos ou parceiros de alguém que se encaixa em uma das demais categorias de apaixonados, mas têm um jeito único de amar a AA. Ainda bem que integração não é traição, porque a gente ama ser agregado de outra Atlética e trocar o escudo de vez em quando!

5. OS DIRETORES E COLABORADORES

Foto: Jogos Jurídicos Paranaense – Associação Atlética de Direito UEM.

Eles, que estão sempre nos bastidores, desenvolvem um amor diferente pelo esporte universitário. Eles acompanham a preparação dos times e equipes para os Jogos e quanto mais veem os atletas, ritmistas e torcedores dando tudo de si pela Atlética, mais amam defender o nome dela. Muitas vezes, abrem mão de curtir as festas para organizarem o rolê – mas para eles tudo bem. O que importa é a satisfação de ver os acadêmicos e agregados sentindo orgulho de fazerem parte daquilo que eles tanto amam!

Independente de onde você se encaixa, saiba que seu apoio e carinho são essenciais para que sua Atlética do coração continue crescendo! Não importa qual sua função e de onde você prefere demonstrar seu amor: o que conta é não deixar os anos de universidade passarem em branco

E você, é qual tipo de apaixonado?! 

Quer saber mais sobre o tema? Bora lá:

O sucesso da sua atlética está no (a)…

Trabalho e Paixão: o sentimento pelas Atléticas

Como a Atlética pode ajudar na sua formação acadêmica

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here