Foto: Engenharíadas Parananense

Olha a cara da nossa tropa Integraê, porque hoje o assunto é de interesse geral da nação e vem quente neste pré-jogos! O clima de disputa já tomou conta e a curiosidade também, por isso fomos ouvir duas atléticas sobre sua preparação, expectativas e algumas dicas para as modalidades coletivas!

A menina dos olhos de todas as atléticas, ou a maioria delas, são os esportes coletivos: aqueles jogos com muita emoção e rivalidade, que a torcida vai à loucura, que o choro de alegria vem e que metade da delação fica sem voz! Quem não gosta, não é mesmo? Mas para essa alegria toda contagiar, a preparação das atléticas começa muito antes!

“Time que bebe unido permanece unido”, essa frase nunca foi tão verdadeira, sabe o porquê? Simplesmente porque time que esta entrosado, feliz e confiante, dá trabalho demais!

Por muitas vezes, as atléticas passam por renovações, alguns “atletas chave” acabam saindo da faculdade e a rotina, ou até mesmo a distância, fazem com que o time tenha que se reinventar; o que às vezes torna o recomeço difícil! Porém, boas fases também são protagonistas, tendo pessoas dedicadas e com um mesmo propósito dentro de quadra: ganhar!

E pra entrar nessa contagem regressiva, o Integraê conversou com a Poliana Louise, da Atlética X de Junho – Unicesumar, para saber como foram os preparativos pro Engenharíadas Paranaense 2019, e olha só o que ela dividiu conosco:

“Começamos a busca por atletas assim que saem as listas de alunos matriculados no começo do ano. Vamos atrás dos calouros, veteranos e oferecemos os equipamentos essenciais para um treino de qualidade. Além de ser diretora de esportes, sou atleta de futsal e todo o empenho com a aproximação dos jogos torna-se mais forte, buscamos aumentar a frequência de treinos e amistosos para alcançar o nosso principal objetivo. No EP 2018 chegamos a 4 finais nas modalidades coletivas, este ano nossa expectativa aumenta devido ao fato de que investimos em treinadores mais qualificados e em mais horas/treino”.

Foto: Engenharíadas Paranaense

O tempo passou, os times já estão inscritos e formados, ainda dá tempo de resolver alguma questão? Acredite, ainda dá! Mesmo estando em contagem regressiva, as coisas ainda podem melhorar! Investir no psicológico dos atletas e promover a integração entre eles parece render bons frutos! E foi o que a galera da Atlética Engenharia UTFPR Medianeira nos contou:

“Primeiramente, precisamos entender o real sentido de uma associação atlética acadêmica, que é dar o total suporte e apoio ao desenvolvimento de cada modalidade e aos atletas que a compõem, pois investir nos seus atletas hoje é pensar nos resultados de amanhã. Esses investimentos vão desde o início ao fim do semestre, com a disponibilização de quadras esportivas, compra de materiais adequados à prática do esporte e a contratação de treinadores e fisioterapeutas durante os jogos. Na XVIII acreditamos que o grande diferencial nos jogos é estarmos com nossos atletas preparados fisicamente e principalmente mentalmente, por isso, nesse semestre criamos o TAPA (Torneio preparatório para atléticas) e levamos nossas modalidades para disputar outros torneios fora da cidade. Além disso, o apoio financeiro é essencial para termos nossos times completos durante os jogos”.

E essa galera ainda nos deixou uma dica especial, muito importante e que nunca é tarde para aplicar:

“A dica que a XVIII de Março deixa é: entender que somos exemplos, conhecer cada um e acompanhar os treinos criando uma confiança e ligação entre diretoria e atleta, e com isso gerando uma motivação e a gana de atingir o topo da montanha, ir aonde nunca chegamos, todos juntos”.

Foto: Engenharíadas Parananense

Será que esse Engenharíadas Paranaense promete? Pois eu arrisco dizer que será uma das edições mais competitivas, nas duas divisões! Todas as atléticas focadas e o nível esportivo lá em cima! O Integraê estará por lá pra conferir de pertinho e contar tudinho pra vocês <3

Quer saber mais sobre o tema? Bora lá:

Preparativos para os jogos: modalidades individuais

As modalidades mais promissoras para os jogos!

Modalidades individuais: o peso que elas têm dentro dos jogos universitários!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here