Foto: Bisetes - Cheerleaders BISÃO

O Cheerleading vem crescendo muito no país, principalmente no meio universitário. Este crescimento é observado no aumento da quantidade de equipes, aumento no número de atletas por equipe, a evolução técnica, o aumento na procura por profissionais do esporte, aumento de campeonatos regionais e nacionais e a profissionalização desses campeonatos. Para que o esporte continue evoluindo é preciso que mais pessoas se interessem por ele, já que por mais que demore mais do que o esperado as vezes todo mundo se forma, não é mesmo!? E não dá para ser atleta prata/ouro para sempre.

Encontrar atletas para compor as equipes é um desafio em todo try-out. Conciliar a faculdade com atividades extras parece impossível e todos costumam fugir de mais responsabilidades e estar em uma equipe de cheerleaders não é tão fácil. Entretanto, para ajudar a te motivar, hoje vou te dizer alguns ótimos motivos e benefícios para você participar da equipe de Cheerleading da sua faculdade!

Foto: try out da equipe Asas Negras da UTFPR-PG

O primeiro benefício é o de todo e qualquer esporte: estar praticando atividade física. Saúde! Só quem é Cheerleader sabe o quanto 2 minutos e 30 segundos (tempo oficial de uma rotina) podem ser exaustivos. Nem os músculos das bochechas estão relaxados. É necessário muita força, condicionamento, flexibilidade, agilidade e muitos sorrisos para que seja um ótimo Cheerleader, e tudo isso é conquistado com treino, alongamento e preparo, ou seja, muito exercício e de quebra, diversão.

Como todo esporte coletivo, você acaba convivendo um pouco mais com seus colegas e desta forma, criando laços de amizade. É muito importante que você confie na sua equipe e que os atletas apoiem uns aos outros em todos os momentos. Além disso, os laços não ficam apenas na sua equipe. Pensa num esporte que rende uma integração gostosa hahahaha Mas de verdade, muitas amizades são feitas por conta do cheer e elas rendem muita troca de experiência, conhecimento e treinos que acabam em muita mídia e risadas.

Foto: representantes de algumas equipes participantes do Engenharíadas PR 2019

Ah, a superação pessoal… arrisco dizer que é melhor do que qualquer medalha! Ninguém nasceu Cheerleader ou ginasta, todos começamos do zero e ver do que você é capaz, do que seu corpo é capaz e descobrir o atleta que existe em você, nada paga! Voltar para casa do treino depois de ter acertado tudo, conseguido realizar algum movimento novo ou que geralmente não conseguia e ver sua evolução faz você sentir que pode conquistar o mundo.

Foto: Engenharíadas Paranaense

Infelizmente, o Cheerleading é um esporte extremamente caro e arcar com esses custos não é fácil. As equipes precisam se virar para comprar uniforme, pagar coach, inscrição de competições, compra de equipamentos etc etc etc… Por conta disso, os times se movem para levantar dinheiro por meio de vendas de produtos como saias de cheerleader (bem colegial), shorts, vendas de docinhos, pizzas, hot dogs, palhas italianas, realização de eventos, pedágios, rifas e tudo o que for possível tirar um lucro.

Para que tudo isso aconteça é necessário um bom planejamento e trabalho em equipe para que ninguém fique sobrecarregado, portanto o esporte te ensina muito sobre trabalho em equipe er e responsabilidade. Principalmente para àqueles que estão na diretoria do time, muito se aprende sobre gestão de pessoas, uma vez que manter cerca de 25 pessoas extremamente diferentes motivadas a treinarem incansavelmente, trabalhar, viajar para competir, sabendo que a prioridade de todos é a faculdade não é uma tarefa simples, mas por amor tudo é possível!

Foto: venda de cachorro quente da equipe Diablezas da UTFPR-CM

Estar em uma equipe exige alguns sacrifícios e muita dedicação, mas eu te garanto que as experiências vividas, as amizades feitas e ver um ginásio inteiro vibrando pela sua equipe, ah meu anjo… Esporte nenhum vai te proporcionar isso a não ser o Cheerleading! Me despeço do meu primeiro texto dizendo que todo mundo merece e deveria viver o que o Cheer tem para oferecer! E caso você participe e não se apaixone pelo esporte, te pago uma cerveja hahah eu aposto que se depender disso, você vai ficar com sede!

Quer saber mais sobre o tema? Bora lá:

Cheerleading: 7 dicas para iniciar uma equipe

Equipes de Cheerleading: Divisão de Atletas

Cheerleading no Brasil: o novo esporte universitário!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here