Fala galerinha do Integraê! Férias acabando, volta do semestre a todo vapor e aquele sentimento de “agora vai” ta tomando conta por aí? Pois hoje, vamos conversar sobre um assunto bem polêmico, e que com certeza, se você for um universitário raíz, já pensou ou já passou por essa situação: trancar a facul!

Se você clicou nesse link, e esta lendo até agora, é porque alguma coisinha ai não esta indo conforme os planos, estou certa? Continua aqui comigo, e vamos falar sobre isso…

Esse assunto às vezes nos consome por dentro, não sabemos o que fazer, o que será melhor pro nosso futuro, e se realmente estamos no curso certo. Por inúmeros motivos, uma vez ou outra, chegamos no nosso limite dentro de uma faculdade, não aguentamos mais frequentar as aulas, ver os colegas de classe, e até mesmo as festas da sua atlética amada já não fazem mais tanto sentido. Você olha ao redor, e percebe que seus amigos estão começando a se formar, você não tem mais turma fixa, frequenta várias salas de aulas diferentes e sente-se avulso. Estuda madrugadas inteiras, mas a DP vem e você se torna quase um especialista na matéria (pela 5ª vez consecutiva).

Sad Michael Jordan GIF - Find & Share on GIPHY


Não é fácil, e a decisão de sair de uma faculdade, ou até mesmo trancar, é pior ainda, acreditem em mim! O medo de fazer a coisa errada é maior do que a de se livrar desse problema, e é nessa hora que você deve procurar ajuda, seja ela profissional ou não, as vezes uma simples conversa entre amigos, faz com que você veja seu problema e perceba que as coisas são mais simples do que parecem, e que as vezes nós mesmos dificultamos!

Entender que o amor dos pais não irá acabar por você mudar de ideia. Ou que seus amigos serão pra sempre seus amigos, independente do curso ou faculdade que você estiver; ter a certeza de que sua atlética do coração, sempre será e nada irá mudar isso, irá abrir sua mente e seu coração pro novo. O importante é focar na sua felicidade e realização pessoal.

Hair Flip GIF - Find & Share on GIPHY


Foi o que a Grazi Macedo, dividiu conosco:

“Eu fazia Engenharia Civil na UEM e desde o início não gostava muito, mas fui levando, entrei no CA primeiro e depois na Atlética e isso foi me segurando no curso, como se fosse um ponto de fuga, sabe? Mas chegou uma hora que eu fiquei tão sobrecarregada que nem o meu amor pela atlética estava dando conta de me segurar. Foram dias e noites chorando de desespero, no meio da aula, nas provas e até conversando pelos corredores, eu já acordava com medo de ir pra faculdade e isso foi se tornando um fardo cada vez mais pesado. Até que eu criei coragem (obrigada aos envolvidos) de conversar com meus pais e falar que eu realmente não queria mais. De cara eles não ficaram felizes mas deixaram eu decidir minha vida e me apoiaram. Eu não queria sair de Maringá por nada e em civil tinha descoberto uma paixãozinha por projetos e então decidi que eu queria arquitetura. Se eu tinha certeza disso? NÃO. Mas arrisquei, mesmo com meus pais falando que essa era minha escolha final.”

Clapping GIF - Find & Share on GIPHY


Ter vergonha, medo, receio e sentir que não é mais capaz de algo não é normal! Acordar triste, pensando apenas na hora que voltará pra casa, sem ter vontade alguma de frequentar as aulas, e não aguentar nem ficar no mesmo ambiente que seus professores, não é normal. Por isso, a importância de conversar com alguém, dividir o problema, é como dividi-lo ao meio, e assim o peso se torna bem menos incômodo!

O medo de ser julgado, do novo, e de como será sua vida a partir do momento que você internalizar a mudança, não deve ser maior que seu amor próprio! Se ame, e tenha convicção: quem te ama, te quer bem! Por muitas vezes nos prendemos por alguns motivos em algo que não está legal, e pensar que a decisão será tomada da noite pro dia, também não é verdade, ela demora, mas vem na hora certa!

E foi isso que a Isabela Gomes dividiu conosco, confere ai:

“Estava cursando Engenharia de Pesca na Unioeste, é um curso diferente e pouco conhecido, mas pra quem gosta vale a pena. Este é o ponto: pra quem gosta. Estava infeliz e sabia que o que me mantinha ali não era o prazer por estudar, então decidi que tinha que dar um rumo diferente pra minha vida. Foi a decisão mais difícil que já tomei, tanto que levei 4 anos pra conseguir mudar, mas segui meu coração e hoje me sinto realizada num curso que realmente me identifico e tenho prazer em estudar. Se tem algo que posso dizer é: nunca tenha medo ou sinta culpa por recomeçar. Recomeços são mágicos!”

Pumped Ross Geller GIF by Friends - Find & Share on GIPHY


Trancar a faculdade não é um bicho de sete cabeças, se for feito com o coração. Coragem é pra quem tem, e viver bem é uma arte para pessoas que não tem medo de arriscar! Viva o hoje, e tenha muita vontade de ser feliz! Não deixe que os problemas com a sua graduação, mudem sua energia positiva!

Caso esteja passando por isso, espero que esse pequeno texto tenha de alguma forma contribuído para sua decisão de ficar bem!

Até breve <3

Quer saber mais sobre o assunto? Bora lá!

Não abandone a faculdade antes de ler este texto!

Como ter mais vontade para estudar

Engravidei durante a faculdade, como será agora?

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here