Atlética: UFMG

Um bom jogos universitários é formado por disputas acirradas em quadra, festas inesquecíveis, integração e acima de tudo: a rivalidade! Este sentimento que fornece aquele impulso a mais em cada membro de sua Atlética é o responsável por momentos de superação e a elevação do nível esportivo a cada ano.

E ah, nosso amado Jogos Jurídicos Mineiro possui rivalidades históricas, motivadas por diferentes razões e que crescem a cada ano! Por isso, neste texto iremos elencar as maiores rivalidades do evento e o que podemos esperar de cada Atlética na edição de 2019!

Mas antes de tudo, é importante reiterar que rivalidade boa é rivalidade que permite a evolução das Atléticas! As brincadeiras são sempre permitidas, mas é essencial diferenciar a rivalidade da prática de crimes, como racismo e homofobia. Além disso, a rivalidade jamais deve estar acima do fomento à prática esportiva entre universitários! Agora que já relembramos estas regras essenciais do rolê, vamos para o texto!

1. UFMG x PUC

Não tem como começar a falar de rivalidade do JJM sem citar a mais aguerrida e marcante de todas! Ano após ano as Atléticas de Direito da UFMG e PUC batalham pelo título de campeã geral do evento, alcançando pontuações astronômicas e lotando diversos ônibus.

Ambas da capital de Minas Gerais, as Atléticas se encontram em campeonatos durante o ano, mas é nos Jogos Jurídicos que a paixão fala mais alto!

Dona de 10 títulos, a Atlética da UFMG se apresenta imponente, com seu macaco e seu grito de “sou Vetusta, o que você NUNCA vai ser” estampada com orgulho. Neste ano de 2019, a famosa Vetusta completa 50 anos e garante que sua sede de títulos está cada vez mais forte, prometendo muita luta dentro de quadra para garantir mais uma estrela no peito.


Atléticas UFMG x PUC

Quanto a PUC, a dona da maior delegação dos Jogos Jurídicos irá embarcar para Montes Claros com sangue nos olhos para conquistar o troféu de campeã geral! A conquista de 2016, em Ipatinga, onde mais de 1000 (isso mesmo, MIL) puquianos gritaram em alto e bom som que a PUC Direito é foda, servira de inspiração para a conquista do título em 2019!

Para completar com chave de ouro este duelo, ambas as Atléticas sempre se enfrentam diretamente no desafio de baterias, com a Charanga Primatas e a Bateria Puteria sempre figurando no pódio – o que significa a promessa de um grande show de samba! Além disso, depois da estreia da modalidade de cheerleading no ano de 2018, ambas as Atléticas estão apostando fortemente na modalidade, portanto, não perca o desafio!

2. UFJF x UFJF-GV

Ah, a rivalidade mais clássica do universo das Atléticas também é presença nos Jogos Jurídicos Mineiros! A Pantera, representante da UFJF Matriz duela a cada ano com o Camelo, vindo das terras quentes da UFJF-GV.

Com isso, ambas as Atléticas se preparam fortemente para o grande duelo que irá ocorrer em Novembro, o que significa já participar de competições no primeiro semestre – e garantir muitos títulos! A Pantera marcou presença na Competição das Atléticas em Viçosa e, além da dobradinha de ouro no basquete, garantiu presença nas apresentações de bateria e cheerleading. Já o Camelo viajou para o Texas sem sair de Governador Valadares e participou do CAV, garantindo mais uma vez presença no pódio do desafio de baterias – além do estandarte de chocalho e tamborim – e um gigante 5º lugar no pódio da primeira divisão do evento!

Além de tatuagens provocativas, gritos de guerra exaltando sua Atlética, Pantera e Camelo prometem luta até o final nas quadras de Montes Claros!

3. UFV x UFU

Uma das rivalidades mais acirradas dos Jogos Jurídicos Mineiros não nasceu nas quadras, mas nas redes sociais – e por um motivo curioso! Durante a preparação para o JJM de 2015, a Euphoria lançou sua tradicional promoção de “escolha seu campeão”, onde a Atlética que tivesse o maior número de likes na foto de seu mascote garantiria um bandeirão. Mas o que era para ser apenas uma promoção visando a integração e o aumento no clima para os jogos se tornou em uma rivalidade histórica!

Durante dias foi possível acompanhar a competição ferrenha entre Capivara e Guará, com a mobilização de milhares de pessoas! No fim, por uma diferença pequena a UFU levou o bandeirão para casa. Fim de promoção, fim da competição, certo? ERRADO!

Até os dias de hoje ambas as Atléticas são rivais diretas, o que garante inúmeras postagens em redes sociais, provocações durante os jogos e a promessa de embates imperdíveis quando se enfrentam em quadra. Somado a este motivo inicial da rivalidade, a conquista do título do interior se tornou obsessão para ambas.


Atlética UFU

Dono dos últimos três títulos do interior, o Guará arrasta apaixonados pelo dourado e grená para todas as regiões de Minas, garantindo que o cântico “onde você jogar, eu vou de coração” é verdade! Com a conquista do bicampeonato do desafio de baterias, a Meritíssima se tornou ainda mais uma representação dos apaixonados pelo Direito UFU, sendo motivo de orgulho para toda a delegação. Depois de participar do CIA no primeiro semestre e OIA no início do segundo, o Guará garante que sua preparação está a todo vapor!

Do outro lado, temos a Capivara da Atlética do Direito UFV, que neste ano comemora 10 anos! Em busca de seu primeiro título do interior, a Capivara marcou presença no COPA, garantindo o 2º lugar geral da competição e um cheque de mil reais! Inspirados pela histórica conquista do 3º lugar geral no JJM18, a conquista de seu primeiro ouro coletivo pela equipe Esparta Cheerleading e sua forte tradição nos esportes individuais, a UFV e seus apaixonados irão percorrer mais de 800 km rumo à Montes Claros com o objetivo de adicionar a taça do interior à sua coleção! Porque como diz a letra, “Capivara joga, eu vou!”

Atlética UFV

Já vimos que a rivalidade por aqui é boa! Ansiosos pelo JJM.
Sua atlética também tem uma história legal de rivalidade? Conta pra gente!

Quer saber mais sobre o assunto? Bora lá!

As primeiras informações (e emoções) do maior Jogos Jurídicos Mineiros da história!

Confira os Jogos Universitários do segundo semestre de 2019!

O que acontece nos jogos universitários?

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here