O grito, seja pra quem joga ou não, é algo que é fundamental. É o que motiva aquele jogador esgotado fisicamente, é o que faz aquele adversário chato se intimidar ou o torcedor se arrepiar e amar ainda mais sua Atlética. Fomos atrás de alguns gritos que estão rolando nas Atléticas Brasil a fora, e vimos como o amor atravessa a quadra e sai em forma de grito que vem de pessoas apaixonadas pelas suas A.A.A.

 Atlética Matilha – Direito Faculdade Integrado Campo Mourão – PR

Matilha, gostamos muito de você

Alegria de viver

Quando te vemos a jogar

Matilha!

A torcida mais vibrante

Azul forte e flamejante

Não paramos de cantar

Atlética Epidemia – Engenharia UEM Maringá – PR

Vamo, vamo Epidemia!

Vamo, vamo pra ganhar!

Força, garra e tradição, eterno campeão!

Pra sempre vou te amar, Epidemia!

Atlética PIO XII – Odontologia UEL Londrina – PR

Vamo Tigrão, vamo ganhar

Eu sou do time que vai ser o campeão!

Vim pra torcer, vim pra gritar

E por você Odonto UEL vai representar!

Vamo Tigrão (Vamo Tigrão)

Vamo ganhar (Vamo ganhar)

Eu sou do time que vai ser o campeão

Vim pra torcer, vim pra gritar!

E por você Odonto UEL vai representar!

Atlética Demônios do Campo – UTFPR Campo Mourão – PR

Campo, estaremos contigo!

Tu és minha paixão

Sou Demônios do Campo

Vou cantar com o coração

A camisa amarela

E a cachaça na mão

Sou Demônios do Campo

Vai começar a festa!

Chalálálálá

Chalálálálá

Chalálálálá

Campo do meu coração!

A importância de um grito para um atleta dentro das quadras.

Em um bate papo com o atleta de basquete, handebol e futebol da Atlética Epidemia UEM, Caio Vieira (Dedinho), conseguimos perceber o quão importante são os gritos que realmente incentivam os atletas. Confere aí:

Era semifinal do JOIA (Jogos Inter Atléticas de Maringá), basquete masculino,  contra Educação Física Cesumar. Começou o jogo e a gente levou um atropelo, 17 pontos para os caras no intervalo…  A torcida não parava um segundo, era o último jogo do dia, se ganhássemos, íamos para a final. Voltamos para o segundo tempo, acabou o terceiro quarto e os caras 15 pontos na frente.  No último quarto veio a reação, a torcida inflamando, aí eu encapetei, meti muito bola!

Por fim faltavam 10 segundos, e empatamos o jogo.  A bola era dos caras faltando 10 segundos, erraram a bola.  Sobrou pra mim e eu errei.

Foi pra prorrogação, e eu lá desanimad, porque tinha errado a bola. A torcida apoiando a todo o momento. Por fim, na prorrogação, a gente ganhou o jogo. Tínhamos tudo para perder, todo mundo desanimado, mas com a torcida incentivando e inflamando o jogo, os adversários “tremeram” e falaram que nunca tinha visto algo igual.”

E lembre-se sempre: o grito é para incentivar e motivar seus jogadores e, jamais, para ofender seu adversário. Deixe nos comentários aquele grito que faz você enlouquecer quando sua Atlética está em quadra.  Respeito acima de tudo e bora torcer!

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here