Foto: Engenharíadas Paranaense

Férias é muito bom né, na verdade não existe coisa melhor do que férias (a não ser que seja um feriado de jogos)… Mas é inevitável que elas deixem a gente mais preguiçosos, lentos e retomar a rotina é dolorido.

Pera aí, eu disse ROTINA?              

Mais dolorido do que voltar para as salas de aula é voltar para o tatame! E como dói! Depois daquele tempinho parado, nosso corpo fica travadinho e nossa musculatura sente o tranco do retorno aos treinos, mas como recomeçar sem perder tempo? Minha coluna de hoje vai ajudar as equipes exatamente a fazerem isso: se organizar e sem medo, se jogarem para os treinos de volta…        

REÚNA O TIME E ESCOLHA OS DIAS DE TREINOS

A maior dificuldade das equipes universitárias é conciliar o treino com as aulas e trabalho, então a primeira e a dica primordial é exatamente esta: reunir o time e definir os dias de treino. Os treinos com a equipe inteira são extremamente necessários para elaborar e aperfeiçoar a rotina, o que não exclui a oportunidade de stunts treinarem em horários distintos, lembrando que sempre precisa de segurança, hen! Por isso com ferramentas simples, como planilhas e formulários, consiga os horários de todo mundo e encontre aquela janelinha que dá pra reunir todos para treinar.

Foto: Engenharíadas Paranaense

DEFINA OS OBJETIVOS DOS ANO

Juntou a galera, reorganizou os treinos, agora é hora de planejar! Muitas equipes acabam optando por ter diretorias internas, como presidente, secretaria e tesouraria. Isso ajuda a equipe a manter uma organização e a elaborar também o semestre ou ano. O segundo passo para iniciar o ano é justamente planeja-lo. Somos um esporte que demanda principalmente muito investimento, por isso, é necessário que se trace quais são as datas das próximas competições, se faremos ou não novas seletivas, confecção de uniformes, vendas de produtos. Tudo isso deve ser colocado no papel para que assim os treinos possam começar.

PLANEJE UM TREINAMENTO FÍSICO POR UM TEMPO

Quando somos atletas de cheerleading, sabemos que ao retomar aos nossos treinos parece que estamos fazendo aquela primeira semana da academia. Pois bem, talvez seja até mais! Como nosso esporte pede muita dedicação do corpo todo, é necessário que preparemos ele para isso. Não adianta chegarmos depois de um longo período parado já enlouquecidos querendo colocar flyers para voar e berços para segurar. Precisamos preparar nosso corpo para a rotina de treinos. Elaborar umas semanas de físico com o time só tem a agregar, primeiro porque nos ajuda no condicionamento do corpo e depois porque nos previne de lesões e possíveis quedas.

Foto: Engenharíadas Paranaense

PROJETE A ROTINA EM QUADROS E COMEÇE A TREINAR               

Quando elaboramos nossas rotinas/apresentações, basicamente unimos as músicas e efeitos às realizações de figuras e quadros. A dica para potencializar principalmente o início dos treinos é começar a estipular tempo para cada stunt, ou quadro da rotina. Quando treinamos tudo de uma vez, perdemos muito tempo e acabamos não arrumando erros que muitas vezes são básicos, mas que quando percebidos depois de muito tempo acabam tornando-se vícios, o que pode atrapalhar muito mais na correção. Então, iniciar insistindo na “perfeição” de um quadro para depois passar para o outro, melhora a otimização do tempo de treino da equipe. Por fim, quando você chegar ao final da rotina é só reunir os quadros e executar todos eles perfeitamente.

E aí, já respirou fundo para começar?

É hora de separar os relaxantes musculares, tensores e bows que 2019 começou e vai ter MUITO CHEERS SIM!

Quer saber mais sobre o tema? Bora lá:

Porquê fazer parte de uma equipe de Cheerleading

Equipes de Cheerleading: divisão de Atletas

Cheerleading: 7 dicas para iniciar uma equipe



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here