Foto: JUCS/RJ.

No dia 20 de setembro, desde 2016, é celebrado o Dia Internacional do Esporte Universitário, comemoração instaurada pela UNESCO com o objetivo de enaltecer a função que o desporto exerce dentro do ambiente universitário – que, nas palavras da então diretora-geral, Irina Bokova, é “vetor de direitos humanos, sociais e cívicos, integrado plenamente à educação dos cidadãos do presente e do futuro” .

Aos que se inserem no contexto acadêmico, a vivência cotidiana do esporte pode ser um grande edificador pessoal, por exaltar valores como a honestidade, o fair play, o respeito, a disciplina, a paciência, o trabalho em equipe, o diálogo como forma de resolução de conflitos e, em especial, como agir frente às vitórias e derrotas.

Foto: O Inter.

Mais que isso, essa vertente da vida no ensino superior proporciona oportunidades a quem se permite envolver – seja enquanto atleta, diretoria, bateria ou torcida. Por meio dela, é possível desenvolver habilidades, explorar os próprios limites e conhecer pessoas incríveis! Diferente do esporte profissional, que trata principalmente de resultados, o esporte universitário se preocupa com o progresso dos atletas: pouco importa o nível esportivo do seu time, desde que ele esteja em constante crescente.

Enquanto alguns vivem a experiência de dentro das quadras, quem fica de fora também pode sentir a emoção proporcionada pelo esporte universitário. Até quem não tem afinidade com as modalidades vai sentir a camisa pesar, e o orgulho de ver sua universidade representada por quem se dedica o ano todo nos treinos ecoa pelos ginásios que ficarão marcados para sempre em nossas memórias da faculdade.

Foto: JUCS/RJ.

Se tudo isso ainda não for motivo suficiente para te incentivar a se envolver com os times, com a bateria, com a torcida ou com os bastidores da sua atlética, aqui vai o que torna tão especial o esporte universitário: ele traz a tona sentimentos intensos e inexplicáveis, que não caberiam em um texto!

São lágrimas (de tristeza, de alegria, de nervoso, de desespero…), sorrisos, abraços em desconhecidos, gritos (às vezes roucos, no último dia de competição), crises de ansiedade, nós na garganta, raiva, admiração e uma paixão fervorosa pelo nosso escudo. Só quem faz parte é capaz de entender.

Foto: Engenharíadas Mineiro.

Por isso, feliz dia internacional do esporte universitário a todos aqueles que são parte desse universo maravilhoso – em especial aos atletas que representam suas instituições! Nosso desejo, enquanto apaixonados pelo desporto, é de ver prosperar cada vez mais as iniciativas que trazem as atividades para o meio universitário!

Quer saber mais sobre o assunto? Bora lá!

Confira os Jogos Universitários do segundo semestre de 2019!

Atléticas, CA’S e DCE: uma combinação perfeita para o esporte universitário

O esporte universitário no palco das Olimpíadas – Os Oito

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here