E aí galera, tudo certo?

No fim de semana dos dias 12 a 15 de novembro, tivemos a incrível 10ª edição dos Jogos Jurídicos Mineiros, que foi sem dúvida, uma das melhores edições, não dá para negar.

Mas se engana aqueles que pensam que só rolou jogos, viu. Teve mais! TEVE MUITO MAIS!

Para agitar as arquibancadas e levar os torcedores à loucura, rolou o nosso amado, querido e adorado DESAFIO DE CHARANGAS! Rufem os tambores! TUM TUM TUM TUM TUM

Mas o que é o Desafio das Charangas? Nada mais, nada menos que um incrível desafio de baterias à la uai!

Funciona assim:

Cada bateria deve ter entre 12 a 40 ritmistas (contando com mascote, mestre, auxiliar, enfim), e elas podem se apresentar num tempo de 17 minutos cheio, onde o cronômetro é ligado no momento em que a bateria entra pra se apresentar, e só desligado quando o último integrante sai da área.

Aí temos os jurados* (claro, né), que são quatro, e vão pontuar os quesitos: apresentação (5 pontos), versatilidade (10 pontos), equalização (10 pontos) e execução (10 pontos). E todos os instrumentos de percussão podem estar nas baterias.

O Desafio das Charangas da 10ª edição dos JJM foi acirrado, mas temos a colocação e o depoimento do campeão:

  1. PUC – Bateria Puteria 

 

  1. UFMG – Bateria Primatas 
  1. UFU – Bateria Meritíssima 
  1. MILTON CAMPOS – Bateria Baterrica
  1. FUMEC – Bateria Selvageria 

*Os jurados foram Carlitos, Mestre Caju, Cristiano Ribeiro e Gleydson!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here