Foto: Democrático Music Festival

É o ano de 2019, faz 17 anos que não chegamos a uma final de Copa do Mundo. Estamos há 23 anos com saudades do Mamonas Assassinas e alguns calouros nossos sequer ouviram esse nome, absurdo! Pra completar a ópera, esse ano você acordou e ouviu que o Ricardo Boechat saiu pra trabalhar e teve seu helicóptero, voando, atropelado por um caminhão.  Seria  cômico,  se  não fosse tão trágico. Pra entender o motivo de eu estar falando tudo isso, você terá que parar por cinco minutos e ler este texto.

O ano que vivemos aos olhos de alguns mostra-se trágico! Aos desatentos, é só mais um ano! Queria que você olhasse a terceira opção, que ao contrário do que você possa estar pensando não é otimista, serelepe e saltitante, ou pelo menos não só isso. Ela é apenas realista. Não entendeu? Vou partilhar duas histórias particulares recentes para ilustrar.

No fim do ano de 2018 minha mãe, que é professora, saiu muito empolgada com a turma do 5º ano rumo a um hotel fazenda para a excursão de fim de ano. O dia estava ensolarado apesar de ter chovido bastante na noite anterior, e criança + sol + hotel fazenda = farra completa! Ela sabia disso e apesar do cansaço físico que isto gera, era o descanso mental que ela esperava. Corria tudo muito bem, quando por volta de 12hrs30min um pequeno deslizamento de terra e a queda de uma grande árvore podiam ter matado minha mãe. Ela escapou, por cerca de um metro, mas infelizmente duas de suas alunas e outras duas monitoras do hotel fazenda foram socorridas gravemente feridas, quando ela saiu de casa pela manhã, ela não sabia disso e nem passou por sua cabeça.

A segunda história é sobre minha irmã mais nova, 21 anos. No ínicio do ano de 2019 partiu para uma jornada de conhecimento e empreendimento em Curitiba, a mais de mil quilometros de casa. As notícias chegaram rápido pelo whatsapp, estava muito encantada e empolgada com as novidades. No retorno a minha cidade, decidiu por voltar de carona com um casal de conhecidos que estava no mesmo evento, pois precisaria trabalhar na manhã seguinte do fim do tal evento. A 100km de casa um dos motoristas que estava revezando a direção do carro cochilou, o carro caiu na vala, tombou de lado, cruzou a pista e só parou no acostamento da contramão e minha irmã escapou com um olho roxo e uma história pra contar. Quando ela saiu para aprender e empreender, ela não sabia disso e nem passou por sua cabeça.

Traduzindo essa bagunça (espero que faça algum sentido no fim), nas palavras de Renato Russo, como ser efetivo na vida (e de quebra ser efetivado no emprego)? “É preciso amar as pessoas/ como se não
houvesse amanhã/ por que se você parar pra pensar/ na verdade não há”.

Você não chegou até aqui para ler clichê. Calma lá!

Calm Down I Got This Barack Obama GIF - Find & Share on GIPHY

Vamos além, é preciso amar não só as pessoas como se não houvesse amanhã, mas seu trabalho, seu estudo, seu estágio, sua atlética, seu filho, seu namorado (a), seu pet… continua no próximo episódio.

Este é o grande pulo do gato para conquistar a tão sonhada efetivação: ter claro em sua consciência que você só tem esse dia para fazer o melhor! As tragédias de 2019, os acidentes com minha família, confirmam o que eu digo: pra minha mãe e minha irmã houve um amanhã, mas para alguns trabalhadores em Brumadinho/MG e outros jovens de Suzano/SP não houve. E o que o c* tem a ver com as calças? Absolutamente TUDO! Contemplar essas realidades te dão a oportunidade de perceber como a vida é frágil, e que você não é o Goku, e se morrer não terá outra chance de dar o seu melhor.

Ao invés de paralizar diante do medo, passe a dar sempre o seu melhor na certeza de que você não sabe se terá outra oportunidade de fazê-lo, trata-se sempre de deixar a melhor impressão possível, no fim das contas essa é uma das poucas certezas que realmente temos: que um dia morreremos. Trabalhe com qualidade, estude com qualidade, torça com qualidade, curta com qualidade, jogue com qualidade, ame com qualidade. Sua vida vai ganhar uma enorme intensidade, você entenderá o que é viver a mil por hora (não consegui fugir do clichê, sorry) e a efetivação será apenas consequência do ser humano melhor que você será a cada nova oportunidade de vida.

Mas pode ser que a efetivação não venha 🙁

Não darei spoiler, mas no filme The Intern (Um Senhor Estagiário, aca em BR), Robert De Niro nos dá uma valiosa lição de como lidar com adversidade no trabalho (e na vida). Assista.

Seja você estagiário, treinee, autônomo, membro de Atlética ou Empresa Júnior ou você caiu de bugee-jump neste texto, após o fim da leitura trate de válidar a seguinte informação assistindo o filme. PASSE MENOS TEMPO RECLAMANDO E MAIS TEMPO FAZENDO. Você está sempre sendo observado, avaliado, medido e sacudido. O tempo que passa reclamando poderia ser gasto aperfeiçoando uma técnica ou aprendendo uma coisa nova, arrumando solução para o problema ou pura e simplesmente, produzindo. Não existe almoço grátis ou a galinha dos ovos de ouro, a receita é tão simples quanto andar pra frente.

Não é autoajuda, vai por mim e anota em destaque essa outra dica para a efetivação, é um mantra: ninguém me deve nada e eu estou sempre em débito com os outros (maiores detalhes em @italomarsilli). Como diria o sábio mito da internet Derramado Véi Louco – “A gente nasceu pelado e tá vestido, sem andar e tá andando, sem falar e tá falando! Então dobra o joelho no chão, agradece a Deus e chega o côro rapaixxx” – Seja grato, trabalhe duro, não reclame e colha os frutos.

Anne Hathaway GIF - Find & Share on GIPHY

São dois passos muito simples para a efetivação: intensidade e gratuidade. Faça com intensidade, sem reclamar e sem esperar nada em troca (mesmo que você se julgue muito merecedor, pode ser até que não seja tão merecedor assim). Faça por um dia, depois por um mês, depois por seis meses e ao fim de um ano volte aqui ao Portal Integraê e confirme o que eu, Renato Russo e De Niro já sabemos: o sucesso, para efetivação (ou quem sabe algo maior), depende mais de você e é mais simples do que você pensava, está logo ali, ao alcance das mãos na prateleira do meio!

Quer saber mais sobre o tema? Bora lá:

5 dicas valiosas para sua primeira entrevista de emprego

Cinco erros que não podem acontecer durante o estágio!

Como conciliar trabalho, faculdade e Atlética?

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here