É galera, vocês já viram aqui que ser da diretoria não traz nenhum retorno financeiro e todo o trabalho duro dos diretores é realizado por causa daquela paixão inexplicável pela atlética. Muita gente que vê de fora acredita que esse trabalho não traz nenhum futuro, é só uma curtição daquelas que só duram até o fim da faculdade. E se eu te falasse que na atlética você pode desenvolver habilidades importantes para sua vida? Não acredita? Se liga então em como ser da atlética pode contribuir para a sua vida profissional:

Trabalho em equipe

Não é novidade que lidar com pessoas é complicado. No jardim de infância você tinha longos debates com aqueles bobos que insistiam que o desenho animado favorito deles era melhor que o seu. Na escola você se esforçava pra não gritar com os sem noção que insistiam que bolo era melhor que sorvete. No Ensino Médio você mudava de assunto quando diziam que Senhor dos Anéis era melhor que Harry Potter. Na faculdade têm aqueles milhões de debates políticos e ideológicos que mais trazem mágoas que novas ideias.

E depois? Depois você está lá com o bobo que não sabia apreciar bons desenhos animados, a sem noção do bolo, o fã de senhor dos anéis e mais toda aquela galera que um dia discordou de você. Todo mundo na mesma empresa, no mesmo trabalho. Como essa galera que enxerga uma mesma situação de forma diferente vai perseguir um mesmo objetivo? Com muita paciência e cabeça aberta pra ver que existem vários desenhos animados bons, que dá pra comer bolo com sorvete e que bom mesmo é Crepúsculo. (ou não)

Assim funciona na atlética: muita gente, muitas opiniões diferentes e um mesmo objetivo. Se você já está acostumado a lidar com isso todos os dias na sua atlética, qual a dificuldade de lidar com isso no estágio, na empresa, no consultório, no escritório?

Negócios

E quando chega a hora de fazer propostas? Convencer pessoas que você nunca viu antes que elas devem trabalhar com você, que devem diminuir o preço, que devem oferecer um pouquinho a mais. Muitos dizem que negociar é uma arte, mas nunca dizem quanto os artistas praticam. O melhor guitarrista do mundo não chegou lá porque a arte fluiu em seus dedos, foram horas e horas de treino. Sua diva pop preferida já ficou sem voz de tanto ensaiar… Com os negócios não vai ser diferente.

Existem inúmeras técnicas, milhares de estudos, diversos cursos, mas nada vai te ensinar melhor a fazer negócios que fazer negócios. Por que esperar ser diretor de uma multinacional ou ter sua própria empresa para começar, se você já pode sair da faculdade com a prática de ter feito parceiros para a atlética, de ter conseguido reduzir o preço daquela remessa de camisas que vocês pediram ou mesmo de não ter conseguido chegar a um acordo com aquele clube sensacional para seu time treinar lá (e ter aprendido com isso)?

Falar em público

Mãos trêmulas, cara vermelha, suor frio… Pode até parecer aquela prova de atletismo pós noite de festa nos jogos, mas é como muitos se sentem ao ter que falar na frente de outras pessoas. Você pode até imaginar sua plateia de roupas íntimas (não faça isso, na moral) ou tentar olhar fixo na parede, mas na maioria das vezes sua voz ainda vai falhar e você vai se enrolar todo. O segredo para reduzir esse nervosismo é bem simples: falar em público. Quanto mais você falar à uma plateia, mais natural vai se tornando. E a atlética é uma ótima oportunidade: reuniões gerais, reuniões das ligas, apresentações da atlética para os calouros, apresentações de projetos… São inúmeras as situações para por em prática o dom de sua oratória e parar de sofrer nos seminários, palestras e quaisquer outras atividades que envolvam uma plateia.

O mais interessante é que normalmente, quem frequenta esses espaços abertos pela atlética costuma dominar o conteúdo abordado, fazendo com que a prática de falar em público fique mais tranquila (afinal, é muito mais fácil falar do que entendemos).

Lidar com dinheiro

Lidar com dinheiro é muito fácil. Quando eu tenho, eu gasto tudo. Quando eu não tenho, eu gasto tudo também porque não sou obrigado.

Brincadeiras a parte, saber gerir seu dinheiro é essencial nos dias de hoje. São milhares de ofertas, várias propagandas, muitas oportunidades únicas e um monte de oportunidades não tão únicas assim. Saber lidar com isso pode ser o diferencial entre ter lucro ou ter prejuízo, entre ser contratado ou não, entre ter uma empresa e ter uma dívida. Trabalhar na atlética te permite conhecer e utilizar as planilhas de gastos, traz uma visão diferenciada das necessidades. Você aprende a saber não só o que precisa, mas quanto precisa, por quanto você pode comprar e até quanto você pode gastar. É claro que você não vai fazer uma planilha pra comprar um chiclete (até porque aquele pessoal maravilhoso da diretoria financeira não vai te mandar mil mensagens pra que você faça), mas quando você precisar, esse conhecimento vai estar lá disponível para você.

Tomar decisões

Essa é pra você, que assim como eu, fica incomodado em ter que decidir qual filme assistir na Netflix, em qual restaurante almoçar ou mesmo em qual assento sentar no busão (me desculpe se já fiquei na sua frente na fila do Subway). Decidir é sempre difícil porque implica em consequências e nem sempre as consequências da escolha são as que mais nos agradam.

É fato que, no seu trabalho, decisões vão ter que ser tomadas e muitas vezes cabe a você essa difícil tarefa para a qual você nunca se preparou na faculdade. Saber quando decidir, como decidir e principalmente como lidar com as consequências de uma decisão são grandes diferenciais e podem te livrar de muitas dores de cabeça. Na atlética, são muitas as decisões a serem tomadas: fornecedores, moldes de campeonatos, posicionamentos em reuniões… Não dá pra acertar sempre, mas é muito menos estressante aprender a lidar com essa responsabilidade sem colocar em risco seu emprego (e aquela graninha pra ir nos jogos).

Networking

Claro que na atlética você vai fazer amigos, mas muitas vezes você dará um passo muito maior: você fará contatos. O médico vai precisar do engenheiro civil, que vai precisar da advogada, que vai precisar de advogados correspondentes em outros 3 estados, cada um desses precisará de uma consultoria em comunicação… É uma teia imensa! Pode parecer absurdo, mas aquele pessoal que estava nos jogos dançando Madagascar com você ou a galera que subiu no palco naquele show insano, um dia pode ser essencial para sua vida profissional.

Mas o networking não se restringe à diretoria de outras atléticas. Você terá contato com diversas empresas, instituições públicas, meios de comunicação… Você vai ver muito e também será visto. Muitas vezes esse contato abre portas as quais nem sabíamos que existiam (uma coisa meio Monstros S.A.)

As atléticas são muito mais que o amor que elas causam e os eventos que elas promovem. São associações civis e permitem uma experiência de gestão valiosíssimas (quase tão valiosas quanto aquelas camisas raras de jogos passados).

4 COMENTÁRIOS

  1. Bo artigo, bitchon!!

    Sou ex-presidente da AAALQ, gestão 00/01 e isso foi fundamental para a minha vida profissional.

    Saudações esalqueanas

    Vespa – F02

  2. Hoje em dia sou Presidente da Atlética Sapão FMU , sendo presidente aprendi muita coisa mesmo e tudo que aprendi está falando nesse texto, parabéns !!!!!!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here