Fala calourinhos de todo BR e veteranos doidos de todo BR. Como vocês estão?

Ser calouro nunca é uma missão fácil para ninguém, agora ser calouro e de outra cidade, imagine só como deve ser? Aqui vão algumas dicas para você que é novo e está prestes a descobrir essa vida universitária recheada de coisas boas e surpreendentes.

1.Não se adapte (oi?)

Você deve estar pensando, “mas o certo não é se adaptar?”. Isso pode até parecer bonitinho, afinal quase todos nós queremos nos encaixar de forma positiva nos lugares chamados de “legais” ou novos. Mas existem maneiras de fazer isso.

Quando você deixar de se adaptar para ser simplesmente quem você é, tudo fica mais bonito. A cultura trazida do lugar que você veio, os costumes, o vocabulário, tudo é diferente. É criada uma verdadeira integração. Além da riqueza e experiência de vida, você passa a trocar um vasto conhecimento que está por aí difundido em todo canto do Brasil. Isso é a coisa mais incrível que a universidade pode te oferecer, e agindo dessa maneira, você passa a contribuir.

2. Jogos universitários

Eu já fui calouro, então sei como é a sensação de viver essa loucura ou não viver. Pois é, quando eu era calouro, não fui pro Engenharíadas Paranaense (Tá chegando a horaaaaa), e me arrependo disso.

Participar dos jogos é como ir até um mundo novo e se redescobrir como pessoa. Então, você calouro que entra pensando que a faculdade são só aulas e estudos, está muito enganado. Não se prive dessa experiência maluca que são as atléticas e suas respectivas disputas, é ali que você vai conhecer a expressão “defender tuas cores”, e fazendo tudo direitinho, não vai querer abandonar isso nunca.

Seja Engenharíadas, JOIA, JUCA, JJPR, EM, COMUNICA e etc. Não deixe de participar, porque você não irá ter arrependimentos.

3. O que tem para comer no R.U hoje?

Eu lhes apresento a fonte de maior conhecimento que uma pessoa pode adquirir. Não, não é alimentícia haha.

No começo vai dar aquela saudade da comida de casa, mas você vai se acostumar, muitas outras vezes você vai eventualmente reclamar do preço ou da higiene do local. E aí está a chave da questão. Quando você começa a reclamar, você pode simplesmente soltar palavrões, zoar com os amigos e fazer piadinhas na internet ou pode fazer algo a respeito.

Veja bem, você começa a correr atrás dos teus direitos. E isso não se limita somente às quatro paredes do nosso querido R.U, isso se estende para a vida. Portanto, quando entrar em contato com esse restaurante jamais visto, saiba que você tem seus direitos e deveres. E deve aprender a correr atrás deles quando são negados a você, seja o preço, a qualidade ou a quantidade. Isso vale para tudo na vida, não é mesmo?

  1. Seja solidário

Na minha opinião a coisa mais importante quando se está vivendo a experiência universitária é pensar no próximo. Como dito no começo, cada pessoa vem de cantos diferentes, com costumes diferentes. E é justamente por isso que as pessoas devem se ajudar mutuamente.

Você não será o único calouro da sua universidade. Muitas outras pessoas estarão passando por isso assim como você. Então não deixe de dar a mão para aquele que pode precisar, porque você pode ter certeza que um dia irá precisar também. Nesse mundo novo, a união faz a força, nunca se esqueça disso.

  1. Faça novas amizades

Minha mãe sempre me dizia (beijo mãe, to no Integrae) que leva as amizades da vida universitária pra vida toda. Até então eu não entendia, hoje em dia eu vejo o porquê daquilo tudo.

São os meus amigos que foram calouros juntos comigo, que passamos por diversos tipos de situações juntos, boas ou ruins, e isso nos fez mais fortes. E consequentemente fortalecer nossa amizade.

Você vai ter aquele amigo que só quer ir nos roles, aquele vidrado em estudar, aquele que você detesta mas não fica sem, e a junção de todos esses. Dividir momentos juntos significa criar a mesma experiência e compartilhar de uma mesma lembrança. Quem não quer aquele amigo(a) que você pode chamar de irmão e contar a todo momento?

Fim.

Ser calouro é uma das melhores experiências, saudade de quando eu era. Aproveitem como se não houvesse o amanhã, sejam unidos e, acima de tudo, nunca esqueçam de quem vocês realmente são e pelos motivos que estão onde estão.

c

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here