Frio na barriga, últimos treinos sendo oferecidos, atletas se dedicando até o último segundo, instrumentos sendo afinados, prontos para ditar o ritmo da arquibancada, diretoria revisando e aprimorando o cronograma de atividades e a torcida com o coração batendo mais forte a cada minuto que se passa.

Os dias que antecedem os Jogos são repletos de ansiedade e animação, mas é essencial utilizar este período em que a emoção se encontra à flor da pele para trabalhar exatamente o psicológico.

A quantidade de vezes que escutamos frases como “o time tremeu” ou “a diretoria perdeu o controle” evidencia a importância de ir para uma competição esportiva com o psicológico de atletas, ritmistas, torcedores e diretores completamente estruturados.

Portanto, lhe mostraremos ações importantíssimas para a correta definição do clima e psicológico de toda a delegação, evitando, assim, que o trabalho de um ano inteiro possa ser prejudicado.

  • Diretoria

O trabalho da diretoria de uma Atlética durante um Jogos é árduo, visto que são responsáveis pelo bom funcionamento do evento, cuidados com os atletas, torcedores e ritmistas, o correto funcionamento do cronograma estipulado, além de buscar oferecer, ao máximo, uma boa experiência para todos os membros da delegação.

Portanto, como responsáveis por toda uma delegação, é essencial que os diretores tenham autocontrole, evitando, desta maneira, situações de conflito, estresse e transparência de falta de liderança.

Logo, um primeiro passo para o processo de controle psicológico dos diretores é a realização de uma reunião geral, onde todo o trabalho feito até aquele momento é exaltado, mostrando a importância de cada um perante ao coletivo no projeto de estar bem preparado para os Jogos.

Ademais, é essencial frisar as funções específicas de cada diretor, evitando assim problemas no acompanhamento da delegação e o devido funcionamento do evento.

Mas o ponto alto dessa reunião deve ser a ênfase no objetivo da Atlética, relembrar a cada diretor o motivo de estarem ali e o que querem deixar como legado para os futuros membros da AAA, fazendo com que, desta maneira, todos sintam a importância de executar um trabalho bem feito para a conquista do título.

  • Atletas

Nestes poucos dias que antecedem aos Jogos, os atletas da AAA se encontram em fase final de preparação e definição de pequenas melhorias. Neste momento de finalização do trabalho de um ano, duas figuras são essenciais no processo de garantir a união do time, o foco individual e a confiança coletiva, evitando assim, a perda de um título causada por uma falha psicológica.

Os técnicos e capitães são pontos de referência de lideranças para os times, portanto, é essencial que os mesmos estejam completamente conscientes dos objetivos da Atlética na competição para que, desta forma, possam comandar corretamente as equipes durante os Jogos, efetuando um trabalho de motivação, foco e harmonia nas equipes.

O papel de definição de objetivos e o diálogo com estes dois personagens cabe ao diretor de esportes, com uma reunião entre estes três sendo essencial. Nela, é de extrema importância frisar todo o trabalho realizado até ali e a evolução de cada time, demonstrando mais uma vez a importância da correta execução do papel de liderança para que, com ambos conscientes do papel que devem exercer, possam realizar o trabalho psicológico de maneira interna nas equipes.

Com os objetivos gerais traçados, reuniões internas dos times são a concretização do trabalho psicológico, pois, em um ambiente mais íntimo, deve ser frisado o espírito de equipe, a importância individual de cada atleta e a evolução da equipe durante o trabalho realizado no ano. Com isso, deve-se ressaltar o papel do técnico e do capitão como pontos de apoio e liderança dentro da equipe.

  • Torcida

A importância dos torcedores em um jogo é completamente conhecida, logo, o pior cenário para uma equipe é ver sua arquibancada calada e escutar a torcida adversária ecoar pelo ginásio.

Muitas vezes, a falta de consciência de sua importância, a tensão de um jogo decisivo ou a presença de uma torcida adversária com mais membros acabam resultando em um “desaparecimento” dos torcedores de sua AAA. Logo, muitas vezes negligenciado, o trabalho psicológico também deve ser realizado com os torcedores.

Uma boa maneira de se enfatizar a necessidade dos torcedores é a realização de um ensaio aberto juntamente com a bateria de sua AAA, onde os torcedores poderão gravar as músicas, definir jogos em que a torcida é essencial, elaborar as estratégias de torcida e se identificarem como peça essencial na conquista do título, estando presente em todos os momentos.

  • Geral

Após o processo individual realizado com estes três polos da Atlética – torcida, diretoria e atletas – é chegada a hora de unificar o sentimento e o psicológico de toda a delegação.

A realização de um evento geral, com palestras de pessoas importantes na história da AAA, como fundadores, técnicos, atletas marcantes e torcedores alucinados, resulta em uma demonstração da importância de cada um na conquista do título.

Portanto, tal encontro resultará em uma delegação focada na conquista dos objetivos traçados, onde cada membro irá efetuar um papel de apoio, suporte e incentivo, facilitando, desta forma, com que o grito de campeão seja escutado ao final da competição.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here